domingo, 18 de dezembro de 2016

10 pratos típicos da Toscana


No post de hoje vamos abordar 10 pratos típicos da Toscana e a intenção é lhe ajudar a conhecer um pouco mais sobre a gastronomia toscana para que você não deixe de provar aquele prato incrível na sua viagem. Tenho certeza que você será “pego pela boca” e ficará com vontade de retornar a Toscana.

Viajar pra mim não é somente visitar novos lugares, mas é acima de tudo mergulhar na cultura de um povo. Conhecer a gastronomia de uma região pode ser uma ótima maneira para iniciar uma viagem.

Antes de tudo você precisa saber que a gastronomia toscana é constituída principalmente por pratos e doces que mantiveram a sua receita inalterada durante muito tempo.

Na cozinha toscana vence a carne. Começando pela Bistecca alla Fiorentina, feita com a Chianina, (carne bovina que é produzida no Val di Chiana), seguida por capone (ave), coelho, faisão, carne de porco, javali e tripas. O peixe faz a sua aparição com a receita de Livorno, o Cacciucco. 

Muitos produtos desta terra são famosos em todo mundo, como azeite, o percorino e o saboroso lardo di colonnata. Os cereais também estão presentes na mesa dos toscano juntamente com legumes sopas, pão (sempre sem sal!). Mas a cozinha toscana também é doce, com uma alternância de gosto seco e macio: cantuccio, zuccotto, castagnaccio e os maravilhosos doces seneses, como o panforte, ricciarelli, etc.

Você pode gostar  também: A culinária fiorentina


10 pratos típicos da Toscana que você não pode deixar de provar!


Os pratos escolhidos fazem parte da cozinha tradicional de diversas cidades da Toscana. Tentei abranger o máximo possível dos pratos. 

Pappa al pomodoro


Este é uma dos pratos que possui os ingredientes mais simples, mais ao mesmo tempo mais amado do mundo. Como em todo prato da cozinha pobre, os ingredientes principais da Pappa al pomodoro é o pão duro (para aproveitar o que sobrou dos outros dias), tomates, manjericão e o azeite extra-virgem de oliva. Para que o prato seja perfeito, temos que utilizar tomates de alta qualidade e como diz a tradição toscana “pane sciocco” (pão sem sal).

Ribollita


A Ribollita é um dos pratos mais populares da Toscana e é uma sopa que contém vários tipos de couve, feijão, cebola e cenouras: uma mistura perfeita para enfrentar a estação fria. É um prato típico de inverno, não só porque ele deve ser servido muito quente, mas também porque um dos ingredientes principais é o cavolo nero (uma espécie de couve) que só nasce no inverno. Os ingredientes que compõem esse prato são muito simples, mas também nutritivos e saudáveis. Nesta receita, assim como na da Pappa al Pomodoro, o principal ingrediente é pão duro. O nome do prato sugere como ele foi feito – Ribollita (requentado): o que sobrou do dia anterior (legumes, feijão, couve) foi aquecido em uma panela com o com azeite extra-virgem, e depois fervido (ribollito) novamente, e é esse procedimento que diferencia esse prato de uma simples sopa de pão.

Pappardelle al ragu' di cinghiale (Pappardelle ao sugo de javali)


Pappardelle al ragu' di cinghiale é um saboroso e sucolento prato típico toscano. Trata-se de uma massa feita com sugo de carne de javali (você poderá encontrar a carne moída ou em pedaços maiores) é um dos pratos mais conhecidos da cozinha da Maremma.


Tortelli Mugellani


Os Tortelli Mugellani são uma massa típica do Mugello, cortados em quadrados (muito parecido com os ravioli), macia, amarelada, com um recheio de batata cozida, salsinha e queijo. Na receita tradicional, a massa é servida com molho de carne moída e queijo parmesão.

Pici all'aglione


O Pici all'aglione (Pici com alho) é uma receita típica da Toscana, em particular na área de Siena. Pici é uma espécie de espaguete rústico, grosso. O aglione é uma variedade típica de alho cultivado principalmente na Valdichiana e na Val d'Orcia. O aglione (como diz o nome alhão) tem tamanho extremamente generoso, mas um sabor delicado. Uma cabeça de alho pode pesar facilmente meio quilo.

Uma outra versão deliciosa do Pici é com pecorino, E se for amantegado na forma de pecorino, nem te conto!

Bistecca alla Fiorentina


Era por isso que você estava esperando! Afinal, ela é a rainha da cozinha toscana. A Bistecca alla Fiorentina é tão famosa que você não precisa nem dizer o nome completo. Simplesmente basta chegar no restaurante e pedir “una fiorentina” que todo mundo vai saber do que você está falando. Há duas características fundamentais para uma boa fiorentina: um excelente corte de carne, e um cozimento “ao sangue” (sim, ela não é mal passada, é viva!). Não caia na besteira de pedir pra cozinhar mais um pouco, porque ela fica dura! Uma vez eu pedi pra cozinhar mais um pouco e aí sem mais e nem menos veio o Chef e perguntou: “Quem pediu a fiorentina bem passada? Eu, toda envergonhada, levantei o dedo. O chef me olhou e disse: Bem se vê que você não é uma fiorentina.” Foi a primeira e a última vez que pedi a fiorentina bem passada. A preparação é muito simples, basta colocar o bife em uma grelha sobre carvões ardentes - 5 minutos para cada lado.

Cacciucco 


O Cacciucco é um prato feito a base de peixe e frutos do mar típico da Toscana – existem algumas variações, mas os principais são aqueles feitos em Viareggio e Livorno. É uma sopa de peixes, crustáceos, moluscos, polvos. Não é um prato muito fácil de fazer, porque os ingredientes são colocados para cozinhar na mesma panela mas com tempo diferente. O peixe é servido com pão torrado esfregado no alho e molho de tomate. O cacciucco é um prato complexo e rico de aromas. Sugiro como acompanhamento um vinho tinto, que tenha sabor persistente, boa salinidade e acidez e não muito alcolico. Um chianti seria o ideal, mas se você quiser beber com vinho branco, escolha um vermentino. 

Para os amantes dos vinhos toscanos: Quais são os melhores vinhos da Toscana?


Peposo all' impruneta


É um prato típico de Impruneta, uma cidade localizada nas colinas de Florença, mundialmente conhecida pela "terra de Impruneta" (argila contendo areia, carbonato de cálcio e óxido de ferro, que dá a cerâmica uma cor avermelhada) que é utilizada na produção de cerâmica, tijolos e outros materiais de terracota (terracota de Impruneta).

Foram os fornacini, empregados dos fornos de produção dos tijolos que criaram esta receita. Numa parte do forno, colocaram uma panela de barro com todos os ingredientes afogado no vinho (Chianti, por favor!); após 5 horas, o prato estava pronto.

Reza a lenda que na época de Brunelleschi, durante a construção da famosa cúpula da Catedral de Santa Maria del Fiore, que hoje conhecemos como o Duomo de Florença, os "fornacini" fizeram o uso excessivo deste prato. O resultado desta dieta foi extraordinário, especialmente para a Brunelleschi. O peposo é um prato a base de muscolo bovino cozido com o vinho Chianti e muita pimenta do reino (pepe, em italiano, daí a origem do nome peposo).


Lampredotto


O rei da comida de rua de Florença é o lampredotto, ou seja, um sanduíche feito com o abomaso (um dos quatro estomago dos bovinos). O lampredotto faz parte da cultura florentina graças aos diversos quiosques, chamados de lampredottai, espalhados pelas ruas da cidade. Este é um sanduíche pra quem é decidido, porque o lampredotto possui um sabor muito forte e pela minha experiência com brasileiros, não é todo mundo que gosta.

O meu marido é completamente maluco por esse prato! O lampredotto é cozido por um longo tempo na água, juntamente com outros ingredientes (tomate, cebola, salsa e aipo) e pode ser servido no sanduíche juntamente com salsa verde. Se o lampredotto te convencer, prove também a trippa alla fiorentina, que é um outro produto sempre presente nos quiosques de lampredottai.

Vin Santo com Cantucci


No último prato da nossa lista, não poderia faltar a sobremesa típica da Toscana: Vinsanto com cantucci! O cantucci é um biscoito seco, crocante, que você reconhece imediatamente pela forma alongada típica cortada na diagonal, amendoas e o tradicional perfume frutado. Diz a tradição que surge como uma evolução do biscoito Prato. Geralmente os cantucci são servidos com o Vin Santo, um vinho liquoroso local produzido com a utilização de uvas secas. Não esqueçam de ensopar os biscoitinhos no vinsanto. Delícia!

Falando em doces, não deixe de ler o post Doces de natal típicos da Toscana

Tem algum prato que você provou e gostou na Toscana e não está na minha lista? Conta pra gente!

Esse post faz parte da ação conjunta/blogagem coletiva  da RBBVPara conhecer outros posts sobre o tema GASTRONOMIA DA MINHA REGIÃO, visitem também os seguintes blogs:

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Fez Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Lucca Macchiaioli Mae Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos TAX FREE Teatro Romano Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.