quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Dicas de roteiro na Calabria

Scilla
Vivo na Itália há muitos anos e confesso que eu não conhecia a Região da Calábria e por esse motivo escolhi exatamente essa região como roteiro das minhas últimas férias. O meu interesse maior era conhecer a Calábria, mas dei uma fugidinha e passei um dia em Taormina e nas Ilha Eolie na Sicilia e depois fui parando no meu do caminho e conheci algumas cidades da Região da Campania. Foram 13 dias dedicados a Calábria e descobri uma Itália diferente, nem melhor e nem pior do que a parte norte da Península Italiana, mas completamente especial.

Apesar de eu ser uma guia de turismo e planejar as viagens e passeios de diversos clientes e amigos, as minhas viagens não são planejadas. Eu e meu marido traçamos as nossas metas, ou seja, as cidades que não podemos deixar de conhecer, mas todo o restante, tempo de estadia em cada cidade, hoteis, etc e tal é decidido dia após dia. Não gostamos de ficar presos em um hotel ou em uma cidade, gostamos de ter liberdade de alterar o nosso roteiro e o tempo de permanência em cada cidade. É complicado? Sim, é complicado, porque você corre o risco, principalmente em alta temporada, de não encontrar o hotel que você quer (por enquanto isso ainda não aconteceu com a gente!), mas é super gratificante poder esticar e ficar um dia a mais naquela cidade que te encantou! Essa foi uma viagem de reconhecimento da Calábria. Eu queria conhecer tudo que era possivel dessa região no tempo que eu tinha disponível.

O Roteiro

Fizemos todo o nosso roteiro de carro, partindo de Florença, durante 13 dias e andamos aproximadamente 3.000km. Vou resumir o nosso  roteiro e em outros posts escreverei mais detalhadamente sobre cada cidade.

 01) A nossa primeira parada foi na cidade de Caserta, na Região da Campania. Dormimos alí e no dia seguinte aproveitamos  para visitar a Reggia de Caserta, um palácio histórico que pertencia a Casa Real dos Borboni de Nápoles proclamada Patrimônio Mundial da Unesco e uma pequena cidade que fica em cima de um monte chamada Caserta Vecchia

O famoso jardim da Reggia de Caserta


Caserta Vecchia
02) Seguimos em frente e finalmente a noite chegamos em Cosenza, na Calábria. Passamos somente uma noite em Cosenza e aproveitamos para conhecer o Centro Histórico que não é muito grande. Fiquei encantada  como o passado se faz presente nas pequenas ruelas que atravessam o centro da cidade.

Cosenza
03) A nossa terceira etapa foi o Parque da Sila. São 150.000  ha de beleza natural localizado na parte montanhosa que se estende entre as provincias de Cosenza, Crotone. Um destaque especial para a cidade de Camignatello, onde encontrei o melhor restaurante, na minha opnião da Calabria: La Pignanella. Não deixem de provar o funghi porcini da região!

Parque da Sila
05) Santa Severina, recebe o título "I Borghi piú belli d'Italia" (Os Burgos mais belos da Italia). O burgo surge em cima de um monte a 326m de altura e domina o vale do rio Neto. Todo o burgo vive em torno de um castelo e a visita é parada obrigatória.

Santa Severina
04)  Escolhemos a Isola di Capo Rizzuto como base na Provincia de Crotone. Dalí podiamos visitar diversas localidades importantes, como a própria cidade de Crotone, Le Castella, Capo Colonna e claro aproveitar o mar incontaminado da Calábria. Hora de se deslumbrar e curtir a praia e paisagens inesquecíveis.

Le Castella

Capo Colonna
05)  Essa foi a etapa mais longa da viagem, partindo de Capo Rizzuto até Regio Calabria. A cidade foi fundada na metade do Século VIII a.C. por colonos gregos provenientes de Calcide e foi um dos grandes centros politicos da chamada Magna Grecia. Imperdível a visita ao Museu Arqueológico Nacional para conhecer os famosos bronzes de Riace.

Um dos bronzes de Riace

06) Reggio Calabria se localiza proximo do estreito de Messina e por isso o acesso a Sicilia é muito facil. Pegamos um "traghetto" uma espécie de catamarã, saimos do nosso roteiro e fomos conhecer Taormina, na Sicilia, famosa pelo seu teatro grego-romano. Um deslumbre! No retorrno, paramos em Messina para o jantar. Proximo a Reggio, se encontra também o pequeno burgo de Penteddattilo, visita mais que obrigatória!

Penteddattilo
07) Na estrada para Tropea, paramos numa cidadezinha chamada Scilla, uma pérola do calabres. Se até o famoso Ulisses da Odisséia, parou em Scilla, por que nós não pararíamos?A nossa sétima etapa foi a Provincia de Vibo Valentia e escolhemos como base a cidade de Briatico. De Briatico visitamos a famossíma Tropea, Capo Vaticano, Nicotera e fugimos mais uma vez do nosso roteiro para visitar as Ilhas Eolie, na Sicilia.  Para quem gosta de praia tranquila sem a grande massa de turistas e é claro com a facilidade de encontrar estacionamento para o carro a super dica é curtir o mar em Briatico.

Capo Vaticano
Tropea
08) Hora de pegar o caminho de casa e retornar para a Toscana. Fazer todo o percurso de volta em um dia, fica muito cansativo. Decidimos dormir uma noite em Paestum na Região da Campania e conhecer o famoso sítio e museu arqueológico. Em frente aos templos gregos de Paestum, parecia que estávamos na Grécia.


09) Eu ainda tinha um dia sobrando, a decisão foi dormir em Tivoli, cidade próxima a Roma e conhecer e Villa D'Este, famoso palácio histórico, patrimônio da Unesco construido em época renascentista por vontade do Cardeal Ippolito II d'Este. Jardim impecavel, de fazer inveja ao Jardins da Babilônia. 

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Capo Vaticano Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Emilia-Romagna Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Ferrari Fez Fiesole Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giacomo Leoparti Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Le Marche Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Loreto Lucca Macchiaioli Mae Maranello Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Recanati Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos Spello TAX FREE Teatro Romano Todi Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Tropea Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.