sábado, 15 de junho de 2013

O Calcio Storico Fiorentino

A origem do Calcio Storico Fiorentino é muito antiga. É certo que já na segunda metade do século XIII os jovens fiorentinos jogavam o Calcio Storico nas praças e nas ruas de Florença.

Atualmente, as partidas de Calcio Storico são organizadas uma vez por ano, no mês de junho. Participam da competição quatro times, que representam as quatros zonas de cultos da cidade. Cada zona é representada por uma cor: Santo Spirito (branco), San Giovanni (Verde), Santa Croce (azul) e Santa Maria Novella (vermelho).  O torneio  hoje è composto de 03 partidas: duas eliminatórias e uma final que acontece sempre no dia 24 de junho, festa de São João, Padroeiro de Florença.

A partida mais famosa do Calcio Storico foi aquela do ano de 1530, quando Florença foi a assediada pelo exército de Carlos V da Espanha. Para mostrar ao Imperador Espanhol que Florença não "estava nem aí" para o exército espanhol, os fioretinhos organizaram uma grande partidade de calcio storino na Piazza Santa Croce.

O jogo:

A partida tem uma duração de 50 minutos e é disputada num campo coberto de areias. Uma linha branca divide o campo em duas partes iguais e nas linhas de fundo é colocado um grande rede que cobre todo o lado de fondo, onde a bola deverá ser arremessada para marcar assim a "caccia", ou seja, o gol.

Cada time é composto de 27 jogadores e as substituições não são previstas. 

Cada equipe possui a seguinte formação: 4 Datori Indietro (goleiros), tre Datori Innanzi (zagueiros), cinque Sconciatori (meio campo), quindici Innanzi o Corridori (atacantes).

No centro da rede de fundo tem a tenda do capitão e do Alfieri, personagens que não participam ativamente do jogo, mas pode dirigir e organizar o time.

O jogo começa  quando a bola é lançada pelo Pallaio na linha de centro.

Deste ponto em diante, os jogadores das duas equipes tentam (por qualquer meio) levar a bola até o fundo do campo inimigo e depositar a bola na rede marcando assim a "caccia". Para cada caccia marcada as equipes mudam de campo.

Como recompensa pela vitória, o prêmio simbólico para a equipe vencedora è a entrega de uma novilha da raça Chianina.


2 on: "O Calcio Storico Fiorentino"
  1. Qual e o criterio da escolha dos jogadores:
    São todos de Florença:
    São atletas:

    ResponderExcluir
  2. Oi Denys,

    conforme te escrevi por email, entrei em contato com todas as equipes de Calcio Storico em Florença para te responder. Infelizmente, não consegui nada de concreto. Eles querem que a gente va pessoalmente na sede e analise caso por caso. Acredito que a nacionalidade não interfira na escolha. Vou ficar te devendo essa! Um abraço

    ResponderExcluir

Cristiane de Oliveira, brasileira, natural do Rio de Janeiro, mora em Florença
há mais de cinco anos. Apesar de ter o coração verde e amarelo, se apaixonou pela Italia e mais precisamente por Florença a ponto de estudar minusiosamente a história da arte, do povo e da cidade onde vive. Hoje, Cristiane, è guia turística autorizada da cidade de Florença.

- Favor não usar termos ofensivos ou palavras inadequadas;
- Evite o uso desnecessário e excessivo do "Internetês" ou abreviaturas;
- Seja claro e objetivo;
- Leia os comentários antes de postar perguntas repetidas ou já respondidas;
- Procure postar os comentários nas páginas dos respectivos assuntos;
- Elogios são bem-vindos, críticas e sugestões também.

Obrigada pelo seu comentário !

Comentários racistas e ofensivos não serão lidos e nem publicados.

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Capo Vaticano Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Emilia-Romagna Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Ferrari Fez Fiesole Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giacomo Leoparti Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Grutas de Frasassi Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Le Marche Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Loreto Lucca Macchiaioli Mae Maranello Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Pádua Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Recanati Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos Spello TAX FREE Teatro Romano Todi Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Tropea Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.