segunda-feira, 10 de junho de 2013

A Via Francigena e a peregrinação na Idade Média


A Via Francigena, também conhecida como Via Francesca o Romea faz parte do grupo de estradas que conduziam religiosos cristãos na época medieval até Roma. As três maiores metas de pelegrinação na Idade Média eram as seguintes:

  • Roma: principalmente para visitar a tumba do Apóstolo Pedro e o local do martírio de São Paulo;
  • Jerusalém na Terra Santa
  • Santiago de Compostela na Espanha: local onde São Tiago escolheu para repousar em paz.

Por esse motivo a Itália era percorrida continuamente pelos pelegrinos de todas as partes da Europa. Muitos paravam em Roma, outros continuavam e desciam a península até o porto de Brindisi onde embarcavam em navios para a Terra Santa. Uma etapa importante antes de chegar a Bríndisi era o Santuário de San Michele Arcangelo (São Miguel Arcanjo) no Monte Sant’Angelo na província de Foggia.

Os primeiros arquivos que citam a existência da Via Francigena são do século XIII e referem-se a uma rota no território de Troía na província de Foggia (Puglia). Trata-se de um percurso de uma pelegrinação que o Bispo Sigérico fez no século X de Canterbury na Inglaterra para chegar até Roma. 

A Via Francigena representa uma das mais significativas redes de estradinhas de comunicação européia na época medieval.

É claro que existiam várias alternativas paralelas, opções de viagem segundo as estações climáticas, situações políticas do território, ou credos religiosos ligados ás relíquias dos santos no percurso até Roma.

A peregrinação na Idade Média deveria ser feita  a pé (por motivos de penitência) com um percurso de 20-25 km ao dia.

O peregrino não viajava sozinho, mas em grupo e usava a insígnia da peregrinação (a concha de Santiago de Compostela, a cruz para Jerusalém, e a chave para a Basílica de São Pedro em Roma). Deve ser dito que essas rotas de peregrinação eram ao mesmo tempo ruas de comércio intenso.

Ainda hoje são traçados no território as memórias desta passagem que estruturou profundamente a construção de aldeias, vilas e as tradições locais que atraversam o percurso. Passagem que permitiu ás diversas culturas européias a comunicação, além das diferenças políticas e territoriais, delineando assim a base cultural, artística, econômica e política da Europa moderna.

Podemos citar a famosa frase do poeta Goethe “La consciência da Europa nasceu com as estradas da peregrinação”.

A partir de 1994 a “Via Francígena foi declarada “Itinerário Cultural do Conselho da Europa”, assumindo assim como o “Caminho de Santiago de Compostela”, dignidade internacional.
Para saber mais sobre os itinerários entre nos sites:



Artigo enviado por Analuisa de Oliveira

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Capo Vaticano Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Emilia-Romagna Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Ferrari Fez Fiesole Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giacomo Leoparti Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Le Marche Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Loreto Lucca Macchiaioli Mae Maranello Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Recanati Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos Spello TAX FREE Teatro Romano Todi Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Tropea Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.