domingo, 26 de fevereiro de 2012

Stibbert, um pequeno grande museu


Florença possui uma infinidades de museus e dificilmente você conseguirá conhecer todos na primeira visita á cidade. Eu que já moro aqui há tanto tempo, confesso que não conheço todos. Os mais famosos são a Galleria degli Uffizi, Accademia, Palazzo Pitti, Bargello, museus que fazem sempre parte do itinerário da maioria dos turistas. Mas, embora muita gente não saiba, existem também os chamados "pequenos, grandes museus" e entre eles, o Museu Stibbert, que é o protagonista deste post.

Quem foi Frederick Stibbert?

Frederick Stibbert (1838-1906), nasceu em Florença, filho de pai inglês e mãe italiana. Quando era pequeno, foi enviado a Inglaterra para estudar. Foi um estudante rebelde, apesar de se tornar um homem de cultura, os estudos nunca foram o seu forte e por isso não conseguiu terminar a universidade. Seu avô paterno, Giles Stibbert foi um general inglês que combateu na India na segunda metade de 1700, criando assim muita riqueza. Em 1859, maior de idade, Stibbert retorna a Florença e toma posse da enorme herança deixada pelo seu avô que foi aumentada pelo seu pai no decorrer dos anos. 

Stibbert não se casou e frequentou a classe alta fiorentina, conduziu a vida de uma forma brilhante e mundana, era apaixonado por cavalos e armaduras. Durante a sua vida, Stibbert colecionou diversos objetos ligados à guerra, entre eles armaduras medievais, armas, quadros, roupas antigas. Sua idéia era fundar um museu. 

Em 1906 nosso protagonista morre, sem herdeiros diretos, deixa todo o seu patrimônio, incluindo toda a sua coleção e imóveis à Inglaterra. Em caso de renuncia inglesa, o patrimônio ficaria para a cidade de Florença. A única obrigação de quem receberia o patrimônio era gestir o museu e conservar tudo exatamente como ele havia deixado. Eu desconheço o motivo, mas a Inglaterra "abriu mão da sua herança", provavelmente pela dificuldade de gestir um museu em outro país, e assim, toda a coleção acumulada ao longo da vida de Stibbert, passou a pertencer a cidade de Florença.

O Museu Stibbert

O Museu Stibbert é um dos museus mais surpreendentes de Florença, como eu já disse anteriormente, se tratava de uma coleção privada. Frequentando ambientes importantes e internacionais, Stibbert entrou em contato com diversos antiquarios com os quais ele começou a montar a sua vasta coleção, que hoje é exposta em 60 salas do museu, quase todas são visitáveis. O núcleo mais importante da coleção são as armaduras que são dividas em três ambientes: européia, islamicas e japonesas. Fazem parte da coleção diversos quadros, roupas antigas, objetos de cerâmicas e porcelanas, esculturas, e ainda, uma pequena coleção de objetos egipcios.

As salas foram decoradas de acordo com o gosto de Stibbert, foram conservadas exatamente do jeito que ele deixou, com móveis e pinturas originais.

As armaduras é algo mais do que espetacular, é quase teatral, que nos causa um grande impacto. São expostas em pose de batalha, com manequins de soldados e cavalos. Quem tem criança e visita Florença, não pode deixar de conhecer esse museu. A fila de soldados, vestidos com armaduras è algo que impressiona adultos, imagina a molecada.

Vejam algumas fotos, e depois me digam se eu tenho razão ou não.

Armadura européia
Armadura islâmica



Armadura japonesa
Para vestir os cavalos, Stibbert utilizava os tecidos das roupas antigas, de época medieval que ele comprava.

O museu não fica exatamente no centro de Florença, mas não é longe, não! 

Anotem o endereço: via Frederick Stibbert 26 - 50134 Firenze

Vocês podem pegar o ônibus número 4 na Estação Santa Maria Novella e descer na fermata (ponto) Gioia.

Maiores informações no site oficial do Museu: http://www.museostibbert.it/
 
 

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Fez Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Lucca Macchiaioli Mae Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos TAX FREE Teatro Romano Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.