sexta-feira, 11 de novembro de 2011

A casa colonica toscana

As casas rurais toscanas, também conhecida na língua italiana como "case coloniche" ou "casolari toscane", se encontram isoladas na zona rural e caracterizam grande parte da paisagem da Toscana. As casas mais antigas são datadas da época medieval, quando começaram a ser construídas na zona rural para abrigar as famílias dos agricultores e camponeses.

Nas reformas agrárias do século XVIII, o Grão-Duque da Toscana deu um novo impulso para a construção de novas casas e fazendas, reestruturando também as casas que foram construídas anteriormente.

Durante o século XX, o fenômeno da urbanização levou a um despovoamento gradual do campo e uma degradação progressiva de vários assentamentos rurais. Felizmente, na segunda metade do século passado, iniciou-se um fenômeno de redescoberta e valorização de casas rurais na Toscana, graças a muitos estrangeiros (principalmente britânicos e alemães) que, especialmente nos arredores de Florença e Siena, investiram o seu capital para a recuperação de muitas casas que foram abandonadas, transformando-as em fazendas ou em agriturismo. 

Rapidamente, todas as outras áreas rurais da região foram afetadas por este processo que permitiu que as casas rurais se tornasem parte integrante da paisagem toscana.

Meu marido me conta, que quando ele era um "ragazzino", as famosas "case coloniche" aqui na Toscana não tinham nenhum valor comercial, exatamente por serem isoladas, distante dos centros urbanos e que eram vendidas a preço de bananas. Imaginem só... Hoje, para você comprar uma casa colonica terá que dispor de uma verdadeira fortuna. 

No ínicio desse ano, numa cidadezinha da Provincia de Florença, fomos visitar uma dessas casas que estavam a venda. O preço era bastante animador, quase inacreditável: um terreno enorme com direito a um pedaço de bosque, com uma casa colonica toda feita de pedra, com dois andares e com 700m2 por apenas 60.000 euros. Inacreditável né? O grande problema é que a casa só possuía as paredes em pé, e para reestruturá-la, deveríamos refazê-la exatamente como ela era anteriormente. E o pior de tudo: O bosque tomou conta da estrada de acesso, e dessa forma deveríamos refazê-la também. Ficamos com medo de quanto gastaríamos com toda essa reestruturação e quando resolvemos fechar o negócio, a casa já tinha sido vendida. Perdemos a oportunidade!

Como era feita a casa colonica:

A estrutra da casa era muito simples, de uma forma regular. A cozinha era o maior ambiente da casa era localizada no piso térreo, onde a familia passava, principalmente nos dias longos de inverno a maior parte do tempo. Imediatamente após a cozinha tinha o forno. No outro extremo da cozinha, tinha o estábulo, onde se guardava as carroças e outros materiais agrícolas. Ainda no piso térreo, tinha a cantina, onde o colôno guardava o vinho e os equipamentos para fazê-lo.

O primeiro andar da casa era usado  apenas como dormitórios. Perto da casa colonica era muito comum encontrarmos um prédio  típico feito de tijolos com dois andares. Eram os famosos celeiros. O piso térreo era utilizado em grande parte para alojar os animais da fazenda e havia também um local onde eram guardadas as sementes e fertilizantes. O primeiro andar, ao contrário do térreo, era utilizado para armazenar  o feno, que servia de alimentação para os animais durante o longo inverno.

Histórias e momentos que pertencem ao passado, mas que ainda dá um grande apelo e que encantam os milhares de turistas que visitam a Toscana.


Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Fez Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Lucca Macchiaioli Mae Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos TAX FREE Teatro Romano Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.