sexta-feira, 17 de junho de 2011

A saga da Renata: a hora e a vez do permesso di soggiorno

Imagem
Continuando com a série Papo com o Leitor, a Renata Nascimento nos escreve novamente para compartilhar com a gente a sua saga. 

O primeiro post que a Renata escreveu nos falava da burocracia para registrar o seu matrimonio no Brasil exatamente por causa do ERESP, que è um Órgão do Itamaraty que è responsável por legalizar todos os documentos emitidos pelos cartórios de São Paulo antes de serem enviados para a legalização no consulado Italiano.

O segundo post da Renata, já com os documentos do matrimônio legalizado no consulado italiano no Brasil, nossa leitora nos conta a burocracia de dar entrada no seu permesso por motivo de familia aqui na Italia, tendo em vista que o comune italiano informou que seria necessário seis meses para que os documentos legalizados pelo consulado italiano no Brasil, chegassem aqui na Italia.

A nossa leitora torna a escrever, nos contando, espero, o final da sua saga. Gostaria de agradecer novamente a Renata, por compartilhar com a gente toda a sua história, o seu passo a passo que com certeza irá ajudar muita gente que mais cedo ou mais tarde irá reviver essa mesma história.

A Renata nos escreve:
"Como prometi que daria depoimento de todo processo dos meus documentos estou aqui para  contar mais um pouquinho da minha historia....(parte 3)!!!!!!!
 
Então como disse semana passada fui no comune para pegar meu certificado de matrimônio, chegando ali a ragazza disse que ....."MAH DAI,ANCORA NON É ARRIVATO!  RITORNATE TRA 6 MESI!!!!!"
Bom, segunda feira como eu estava no centro de Milão, disse para meu marido: vamos até lá de novo! Quem sabe nós não temos a sorte de ser outra pessoa que nos atende e nos dê uma noticia boa!"
 
Batataaaaaa!!! Chegamos lá uma outra ragazza que nos atendeu!!!E ela consultou no computador e era ali a certidão de matrimonio (ufa!!Não precisamos esperar 6 meses!!). Então ela nos deu um comprovante que já era ali a certidão e que faltava apenas eles fazerem o serviço deles que era publicar o casamento.
 
Bom fui embora feliz da vida, ao menos tinha um documento do comune que comprovava que meu documento já era ali com eles.
 
Não perdemos tempo e na terça feira andamos até a questura para  pegar o PERMESSO REC FAMILIARE!!! Chegamos ás 7.15 da manha ( abre as 8,30) e ja tinha kilometros de fila!!!!!!!!!!!
 
Bom, ficamos na fila, pegamos a nossa senha e esperamos, esperamos, esperamos esperamos... Bom quanto chegou a minha fez ela me pediu o visto, pediu a certidão de casamento...Eu disse: NÓS SÓ TEMOS A CÓPIA DO BRASIL LEGALIZADO PELO CONSULADO ITALIANO DE SÃO PAULO E TENHO PELO COMUNE DE MILÃO ESTE PAPEL QUE FALA QUE JÁ ESTA AQUI MAS  AINDA NÃO TEM COMO DAR A ORIGINAL...menos mal, a ragazza com aquele papel do comune aceitou uffaaaaaaaaaaaa!!!!!!! 

Aí esperamos, esperamos, esperamos, esperamos,chegou a hora do almoço...Mas almoço deles, porque todos sairam e nós ficamos com cara de Margarida esperando eles retornarem do almoço. Chegaram por volta das 14.00 horas e nós esperando,esperando esperando... 
 
Chegou a minha hora: me chamaram e deram meu PERMESSO!!!!!!!Mas deram um permesso de 1 ano!!! Você tem noção??? Meu marido è italiano (da gema!!!como diz n RJ). Mas só porque eu não estava com a original da certidão eles me deram de um ano e me disse que depois è so eu voltar ali e pedir de 5 anos que è MEU DIREITO mas com a certidão em mão!! Saímos dali era 14.30 ou seja 7,30 na comune!!! Quase coloquei em um quadro meu PERMESSO porque ele vale ouro!!!!!

Bom, permesso na mão, vamos pegar agora a identidade!!!!!
 
Buaaaa a luta ainda não acabou!!! Chegando no comune fui pedir minha identidade. A RAGAZZA  PEDIU PERMESSO, PASSAPORTE, DECLARAÇÃO DE RESIDêNCIA......Eu disse o queeeeeeeeee???? Ma che catz....è isso agora de declaração de residência???
Mas infelizmente è isso antes de eu fazer a identidade, eu tenho que agendar para pedir a DECLARAÇÃO DE RESIDÊNCIA  (que eles agendaram para o dia 29-07-2011), ou seja, neste dia eu vou até la peço a DECLARAÇÃO, eles prenotam uma nova data para ir até em casa e pra ver que eu moro ali,e depois para não sei quanso eles me derem a identidade!!!
 
Bom menos mal,que ao lmenos O CODICO FISCALE, eu consegui fazer só com o PERMESSO E O VISTO.
 
Agora queridos, eu penso que até o ano que vem kkkk eu pego tudo: a identidade, porque o visto foi uma luta,o permesso duas lutas o codico fiscale três lutas. A identidade penso que em quatro lutas estarei com ela em mãos!!!

Allora ragazze, facciamo insieme una pregheria!!!!!!

Um  beijo"
Renata, bem vinda a burocracia italiana! Vida de mulher de italiano e principalmente de imigrante não é fácil não! Alegre-se: você não pode reclamar muito não, pois a questura te deu o permesso no mesmo dia que você deu entrada! Geralmente as pessoas esperam meses para ter o permesso e ficam só com o protocolo que não podem fazer quase nada, nem mesmo tirar o codice fiscale. Quando eu tirei o meu, me deram no mesmo dia, e olha que eu casei aqui na Italia e estava com todos os documentos originais e me deram um permesso de seis meses! E quando eu reclamei, pois a Lei diz que por motivo de matrimônio, eu tinha direito logo ao permesso de 05 anos, sabem o que me responderam? " Você acabou de casar...Cada questura tem sua própria autonomia." Então escrevi uma carta para o diretor da questura, com o numero da Lei que dizia que eu tinha direito ao permesso de 05 anos, a resposta que recebi foi que quando vencesse os seis meses e eu pedisse a renovação do permesso, eles me dariam o de 05 anos.

Uma outra amiga passou pelo mesmo problema aqui em Firenze, só que ela teve que esperar 45 dias para receber o famoso permesso. Quando recebeu, eles tinham escrito o nome dela errado! E ela teve que esperar mais 45 dias para consertar o nome, porque eles disseram que a impressora da questura estava com problemas. Enfim, dos males o pior, graças a Deus a batalha do permesso você superou.

A residência è um outro grande problema! Aqui em Firenze, você dá entrada e espera mais ou menos 06 meses para que o vigile ir até a sua casa. Depois que o vigile passa, mais um mês para finalizar o processo e aí sim você consegue tirar a carta di identitá. Eu não sei qual è o seu comune, mas se for um comune menor, o processo é mais rápido e em um mês tudo se resolve. O grande problema pra mim, foi que eles não disseram quando o vigile passaria, e eu fiquei literalmente 06 meses presa em casa esperando a tal visita. Você vira refém deles.

Com o permesso e o codice fiscale, mesmo sem o processo de residencia não finalizado, eu consegui ir na ASL e tirar a minha tessera sanitária. Você já fez isso? Se não fez, procure a ASL mais próxima, leve seu passaporte, permesso e codice fiscale e faça a sua tessera e escolha o seu médico de base. Mas peçam para eles solicitarem a emissão da tessera, senão eles não emitem não!
Estamos todos em "preghiera" para que sua saga chega logo ao fim! Obrigada mais uma vez e in bocca al lupo!
Quem quiser participar do nosso quadro: Bate papo com o Leitor e compartilhar com a gente a sua história, a sua experiência ou até mesmo tirar um duvida, escreva para gente: contato@noticiasdabota.com

5 on: "A saga da Renata: a hora e a vez do permesso di soggiorno"
  1. Gente,comigo foi totalmente diferente...Eu fui para a Calabria, mais especificamente no comune de San Lucido, meu marido é italo-brasileiro e assim que cheguei, me ligaram da scuola elementare, dizendo que precisava matricular minha filha menor, detalhe, no dia seguinte mesmo que cheguei..nao sei se é pelo meu marido ser conhecido e a cidade ser pequena, enfim...fui, fiz a matricula dela, logo depois fui ao fotografo, tirei foto pra carteira de identidade, fui ao comune com minha certidao de casamento traduzida em maos (me casei no Brasil) mas nao tinha passado pelo Consuldado nao, pois nao tinha dado tempo, enfim...
    Fiz minha identidade, levei passaporte e certidao de casamento. Como meu marido ja tinha residencia fixa lá, nao precisei esperar o vigile e tal...outro detalhe, nao me pediram nem meu codice fiscale..
    Tanto foi que o fiz depois..isso sim me deu uma dorzinha de cabeça...a Agenzia dell´Entrate era numa outra cidade, PAOLA, e lá eles tinham me informado que eu precisava dar entrada no pedido de permesso di soggiorno na Questura..e falaram que eu corria o risco de ser deportada, junto com minhas filhas. NA HORA, fui na Questura e eles disseram que eu tinha que trazer um monte de documentos que precisava fazer no comune, e no comune falavam que tinha que ir na Questura e enfim..ficou esse empurra empurra, até que voltamos na Agenzia dell´Entrate e meu marido conversou com outro atendente, que era amigo da familia dele em San Lucido. Bom, ele desmentiu o outro atendente, disse que eu nao precisava de permesso de soggiorno, pois uma lei havia sido mudada, e me deu uma folha pra preencher..preenchi, entreguei, depois de alguns dias recebi meu codice fiscale...
    Com a identidade e codice fiscale em maos, fui ao comune, levei de novo minha certidao de matrimonio, traduzida mas sem nada do Consulado, e registraram meu casamento.O vigile foi na minha residencia, e depois me deram uma certidao de casamento e status de familia, e também corrigiram o status do meu marido, pois constava como solteiro ainda...
    Como tinha o codice e a identidade, residencia reconhecida e status de familia, fui nessa cidade vizinha, Paola, e peguei meu libretto sanitario, escolhi medico, pra mim e pra minhas crianças...
    Eu sou de Volta Redonda, RJ...nao sei nao mas acho q as leis funcionam diferentemente de comune pra comune... e outra..deve estar rolando um boicote aos brasileiros, depois do acontecimento do Battisti..
    Boa Sorte,
    Raquel Mannarino.

    ResponderExcluir
  2. Oi Raquel

    Obrigada por compartilhar com a gente a sua experiencia.Desculpe por ter demorado publicar o seu comentario!

    Eu acredito que toda essa burocracia em cidades pequenas è muito mais facil pra resolver. Quanto maior a cidade, maior o tempo de espera!

    Um grande abraço e felicidades

    ResponderExcluir
  3. eu tbm acho que eles aqui estào dificultando mas para os brasileiros depois do acontecimento de Battisti.

    ResponderExcluir
  4. comigo foi td bem diferente...tudo facil...me casei em agosto de 2010 no brasil,assim q casei levei a certidao pra traduzida e depois legalizada,e em seguida transcrita no consulado,e na mesma ora pedi o visto de familia,pedi numa qurta feira,na sexta era tudo pronto,voltei pra italia e meu certificado de casamento era ja aqui,fui na questura,dei entrada no permesso,saindo de la com ricevuta(comprovante)fui na minha comune de residencia,fiz a residencia,esperei uma semana passar o vigile em casa,assim q passou fiz a identidade,escolgi medico,td q podia ser feito,tudo com a ricevuta,1 semana passada do pedido do permesso,ele ficou pronto,fui buscar enfrentei uma boa fila d novo,e ae o meu tem validade pra 5 anos,e vale tanto quanto a carta di soggiorno.Foi sorte ter sido td raipo ou penso q depende de cada regiao,amigas minha demoraram muito e uma delas p permesso foi so pra 1 ano,depois qndo renovou q foi pra 5.

    ResponderExcluir
  5. Lays

    Obrigada por compartilhar com a gente a sua experiencia. Eu acho que no final, todo o processo varia de acordo com o consulado italiano no Brasil e com a questura da cidade de cada um. Fico feliz em saber que em alguma cidade italiana o processo è mais simples. Um grande abraço

    ResponderExcluir

Cristiane de Oliveira, brasileira, natural do Rio de Janeiro, mora em Florença
há mais de cinco anos. Apesar de ter o coração verde e amarelo, se apaixonou pela Italia e mais precisamente por Florença a ponto de estudar minusiosamente a história da arte, do povo e da cidade onde vive. Hoje, Cristiane, è guia turística autorizada da cidade de Florença.

- Favor não usar termos ofensivos ou palavras inadequadas;
- Evite o uso desnecessário e excessivo do "Internetês" ou abreviaturas;
- Seja claro e objetivo;
- Leia os comentários antes de postar perguntas repetidas ou já respondidas;
- Procure postar os comentários nas páginas dos respectivos assuntos;
- Elogios são bem-vindos, críticas e sugestões também.

Obrigada pelo seu comentário !

Comentários racistas e ofensivos não serão lidos e nem publicados.

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Capo Vaticano Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Emilia-Romagna Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Ferrari Fez Fiesole Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giacomo Leoparti Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Grutas de Frasassi Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Le Marche Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Loreto Lucca Macchiaioli Mae Maranello Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Pádua Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Recanati Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos Spello TAX FREE Teatro Romano Todi Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Tropea Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.