segunda-feira, 4 de abril de 2011

Trem das Onze italiano???

Outro dia a gente foi jantar fora com uns amigos do meu marido e a musica de fundo do restaurante era uma melodia muito conhecida. Acredito que todos os brasileiros consegue cantar pelo menos uma estrofe dessa canção. E eu, muito contente, pois havia muito tempo que não a escutava disse: ai que saudade da minha terra, do meu povo, das noites no Carioca da Gema, saboriando um belo chop ao som de um sambinha de raiz. 

E aí, para a minha surpresa, o amigo de meu marido disse: mas essa música è italiana, do Riccardo del Turco e se chama "Figlio Unico". 

Trem das onze italiano? Mas nem com muita boa vontade... Esse sambinha è um clássico da música brasileira! Obra prima de Adoniran Barbosa imortalizada pelo fantástico grupo paulista Demônios da Garoa. Eu quase saí no braço com o rapaz e não teve jeito de fazer ele aceitar que a música è brasileirissima sim senhor e que o cantor fiorentino Riccardo del Turco fez uma versão muito fiel a original.

Fui pesquisar depois e descobri que Adoniran Barbosa, na verdade se chamava João Rubinato, nasceu em 1910 em Valinhos em SP e era filho de Ferdinando e Emma Rubinato, imigrantes italianos da localidade de Cavárzere, província de Veneza.

Tudo isso me leva a crer, que o meu amigo não está tão enganado, e que o trem das onze, realmente tem um pouco de sangue italiano, já que o seu autor era ítalo brasileiro.

Abaixo a letra e o video em italiano.



Figlio Unico

Non posso restare ancora un minuto accanto a te,
anche se il mio amor sai è solo per te,
muoio se non ci sei,
ma devo prendere il treno che mi porterà lontano tanto lontano da te
Non posso restare ancora un minuto accanto a te,
mi dispiace amor ma non posso restar,
muoio se non ci sei,
ma devo prendere il treno che mi porterà lontano e vuoi sapere perchè,
se stasera non sarò tornato a casa ci sarà qualcuno che non dormirà...
SON FIGLIO UNICO LA MIA CASA E' VUOTA SENZA ME!

Non posso restare ancora un minuto accanto a te
mi dispiace amor ma non posso restar,
muoio se non ci sei,
ma devo prendere il treno che mi porterà lontano e vuoi sapere perchè,
se stasera non sarò tornato a casa ci sarà qualcuno che non dormirà
SON FIGLIO UNICO LA MIA CASA E' VUOTA SENZA ME!

8 on: "Trem das Onze italiano???"
  1. Robbie nem eu hahahahahaha

    Ta certo que o Adoniram è de origem italiana, mas o Trem continua sendo brasileirissimo ne!

    ResponderExcluir
  2. Ah, não, tenha paciência....kkkkk Adoniran ser filho de imigrantes, ok, quem não é filho de imigrante no Brasil? Mas Trem das 11? Brasileiríssimo!!! Já ouvi dizer que os italianos fazem isso, dizem que uma versão é italiana e pronto. Adoro a Itália, os italianos, vivo perto de Roma há quase 3 anos, mas, gente, isso é bairrismo ou não é? rsrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Oi Rosa

    Voce tem razao... Adoniram pode ser (mezzo)italiano, mas o trem, pelo menos o das onze, continua sendo brasileirissimo!

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo certinho?
    Encontrei o seu blog no ‘Mundo Pequeno’ e vim fazer uma visitinha! Que tudo esteja 100% com você!
    Sobre o post: quem podia supor uma coisa dessas!?
    Valeu pela informação!

    Também sou expatriada; sai do Brasil em 2000 e fui para os USA estudar na Harvard, onde estudei até 2002. Desde 2003, moro na Holanda - sou casada com um holandes.
    O choque cultural existe e acaba sendo benéfico - de uma maneira ou de outra -. Sou da opinão que existem coisas boas e ruins em qualquer lugar do planeta! Nós é que temos que ressignificá-las à nossa moda!

    Será uma alegria se visitar o meu cantinho virtual, que é: http://josanemary.wordpress.com/mevrouw-jane/

    E será uma outra alegria, se quiser ler o prefácio do meu livro: Mevrouw Jane (o prefácio não foi feito por mim, mas por um outro escritor, um já reconhecido no mundo literário). Se gostar – ou não - por favor, deixe um comentário; vou adorar ler a sua opinião!

    Tenha um ótimo dia!
    Grande abraço.
    Josane Mary

    ResponderExcluir
  5. Cris, mas que coisinha sem graça este cantante...cantando samba, nao consegue seguir o ritmo, nao tem balanço...
    Italianos: fiquem com as musicas romanticas que sempre fizeram tao bem..mas o sambinha ...è brasileirinho...
    Obs: Adoniran gravou disco em italiano.

    ResponderExcluir
  6. Tens razao Rosana, italiano cantando samba nao rola nao!
    Eu soube agora que aquela musica Samba Italiano, era do Adoniran!

    ResponderExcluir
  7. Ja conhecia esta versao e sempre digo que a original é de um italo-brasileiro, frequentador da boemia paulistana, muito apreciado por seu estilo de samba e o modo de compor as letras, mais proximas do povo.
    Eu também ja discuti sobre a proveniencia da musica 'A Casa'. O italiano me disse que era a traduçao da original em italiano, mas eu expliquei que era o contrario, que era uma musica muito popular no Brasil, escrita por Vinicius de Moraes e "importada" para a Italia por causa dos encontros entre cantores brasileiros e italianos (Chico Buarque, Toquinho, Sergio Endrigo, Ornella Vanoni, etc.).
    Outro caso curioso é aquela musica que deu sucesso a Ana Carolina, 'Quem de nos dois'. Pouca gente sabe, mas a original é do Luca Grignani e se chama 'La mia storia fra le dita'.
    Beijos

    ResponderExcluir

Cristiane de Oliveira, brasileira, natural do Rio de Janeiro, mora em Florença
há mais de cinco anos. Apesar de ter o coração verde e amarelo, se apaixonou pela Italia e mais precisamente por Florença a ponto de estudar minusiosamente a história da arte, do povo e da cidade onde vive. Hoje, Cristiane, è guia turística autorizada da cidade de Florença.

- Favor não usar termos ofensivos ou palavras inadequadas;
- Evite o uso desnecessário e excessivo do "Internetês" ou abreviaturas;
- Seja claro e objetivo;
- Leia os comentários antes de postar perguntas repetidas ou já respondidas;
- Procure postar os comentários nas páginas dos respectivos assuntos;
- Elogios são bem-vindos, críticas e sugestões também.

Obrigada pelo seu comentário !

Comentários racistas e ofensivos não serão lidos e nem publicados.

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Capo Vaticano Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Emilia-Romagna Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Ferrari Fez Fiesole Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giacomo Leoparti Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Grutas de Frasassi Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Le Marche Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Loreto Lucca Macchiaioli Mae Maranello Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Pádua Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Recanati Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos Spello TAX FREE Teatro Romano Todi Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Tropea Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.