quinta-feira, 17 de março de 2011

Auguri ! 150° anniversario dell'unità d'Italia

Foto: Corriere della Serra

Tanti Auguri Italia!
A gente que idealiza a Italia como um pais milenar, não nos damos conta que a Italia è mais jovem que o Brasil. É isso mesmo, hoje, 17 de março de 2011, O Bel'Paese completa 150 anos. Pouquinho, né?

A história:

Mazzini, Cavour e Garibaldi
Após o Congresso de Viena (1814-1815), ficou determinado que o atual território italiano fosse divididos em vários reinos, os quais deveriam ser controlados por estrangeiros. 

São eles: 

• Reino Sardo-Piemontês: governado por uma dinastia italiana. Era autônomo e soberano;
• Reino Lombardo-Veneziano: governado pela Áustria;
• Ducados de Parma, Módena e Toscana: governados por duques subservientes à Áustria;
• Estados Pontifícios: governados pelo papa;
• Reino das Duas Sicílias: governado pela dinastia de Bourbon.

As primeiras revoluções para tentar libertar a Italia foi liderada por Giuseppe Mazzini, lider da organizção Jovem Italia. Mazzini lutava pela independência e pela criação da republica italiana. Em 1848 os seguidores de Mazzini lideraram uma manisfestação, mas que infelizmente foi vencida pelos austriacos. Porém, essa manifestação serviu para fortalezer o ideal de libertação da Italia e apartir daí, a luta pela unificação foi liderada pelo Reino Sardo-Piemontês, com Cavour, que foi um dos grandes líderes do Risorgimento Italiano. Com o apoio da burguesia e dos produtores rural, Cavour conseguiu ajuda militar com a França, para poder enfim, superar o poderoso exército austríaco.

Com o apoio francês, Cavour conseguiu vencer os austríacos retomando assim os territórios pertencentes ao Reino Lombardo-Veneto. Ao mesmo tempo, Garibaldi, o famoso Giuseppe Garilbaldi, que a gente conhece beníssimo, atacou o Reino das Duas Sicilias, criando a oportunidade de libertar também esse reino do controle dos Bourbon. 

Através de um plesbicito, foi decidido, que o novo estado seria governado por  Emanuelle II, Rei sardo-piemontês. E assim foi: em 1861 Vittorio Emanuelle II foi proclamado rei da maior parte do atual território italiano, faltando apenas unificar Venezia, Roma que era contralada pelo Papa.

Em 1866 Venezia foi incorporada e mais tarde, em 1870 foi a vez  de Roma, que se tornou a capital italiana. O Papa Pio IX não aceitou perder o território romano e assim, rompeu com o governo italiano. Somente em 1929, com o Tratado de Latrão è que a questão romana foi resolvida e assim nasceu o Estado do Vaticano que é até hoje, dirigido pela Igreja Católica.

Uma curiosidade: o nascimento da lingua italiana

Antes da unificação italiana, havia todos esses reinos  e cada um possuía a sua cultura e principalmente a sua lingua. Isso explica a quantidade de dialetos que encontramos pela Italia a fora. Cada dialeto, era a lingua madre de cada reino. Com a unificação da Italia, era necessário escolher uma única lingua para ser a lingua oficial do novo estado. Adivinhem qual foi a lingua escolhida? Como os maiores escritores,  filosófos e cientistas eram toscanos e os grandes livros como a Divina Comedia foram escritos com a lingua toscana, nada mais justo que a lingua escolhida fosse a lingua falada em Firenze. A lingua italiana falada hoje, è nada mais que a lingua falada no Reino da Toscana. Isso explica o porquê que em Firenze não existe nenhum dialeto. Claro que em Firenze existe o sotaque com o "c aspirato" e algumas expressões que são tipicamente fiorentinas, mas dialeto, aqui em Firenze não existe.

Quer saber mais sobre o vocabulário fiorentino? Acesse os links abaixo:


Esse foi um resumo veloz do que foi a  unificação italiana. Espero que vocês tenham gostado e que tenha servido para vocês entenderem o que está sendo comemorado hoje em toda Italia.

Encerro o post com um video do Roberto Saviano Cos'è l'Unità d' Italia (Programa Vieni via con me de 08-11-2010. 

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Emilia-Romagna Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Ferrari Fez Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Lucca Macchiaioli Mae Maranello Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos TAX FREE Teatro Romano Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.