sábado, 14 de agosto de 2010

Revista Focus: Os segredos da mulher Brasileira

Fiquei indignada hoje quando vi a capa da revista Focus de Portugal. Aquilo é um desrespeito à mulher em geral e à mulher brasileira em particular. É preciso uma reação, uma condenação da promoção da discriminação, da vulgarização e da imagem da mulher brasileira.

E a chamada da matéria principal:

"Os segredos da mulher brasileira

Adoradas pelos homens, odiadas pelas mulheres, o facto é que em Portugal as brasileiras fazem sucesso e são, entre todas as estrangeiras, as que mais casam com portugueses! Qual  o seu segredo?
A Focus foi à procura das respostas."

Eu gostaria muito de ler esse artigo, alguem tem pra me enviar?

35 on: "Revista Focus: Os segredos da mulher Brasileira"
  1. Sou português e já li a matéria, que não está disponível "on-line". Só mesmo adquirindo a revista. Toda a matéria desenvolve-se por 12 páginas, e muito mais abrangente do que o título da capa induz.Como português pai de uma luso-brasileira de 14 meses, e amigo de muitos brasileiros, sinto-me envergonhado mas, mais ainda, pelo resultado da enquete onde foram inquiridas 1539 pessoas,cujo resultado demonstra uma imagem preconceituosa e esterotipada, típica de um país com uma percentagem elevada de velhos( principalmente no Sul, onde foi efectuada a enquete), com uma mentalidade retrógrada e ignorante.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pelo comentario caro amigo portugues. Eu ainda tinha esperanças do artigo ser diferente da capa da revista. Eu nao consegui ler nem entrando no site da Focus. Se alguem tiver como scanear e puder enviar o artigo, eu agradeço muito. Um dia, tenho esperança, ainda vou ver a mulher brasileira sendo exaltada pela sua inteligencia, cultura, e charme. Como diz a nossa Rita Lee “nem toda brasileira é bunda”… e não é mesmo…
    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Cris na pagina da Focus Portugal no Facebook você pode ler os comentários das pessoas, mas infelizmente não é possível ler a matéria!
    Também gostaria de ler... mas acho meio difícil!

    ResponderExcluir
  4. É absurdo, nojento e xenofóbico. É muito mais fácil apelar pelo cariz sexual e comercial. Tantas coisas importantes a se debater e se utiliza mais uma vez do machismo, do preconceito e da miopia social.

    ResponderExcluir
  5. Oi!

    O link para este blog me foi enviado por uma amiga que como eu, também é casada com um português.

    Bom, apesar de também me sentir mal com o que vem ali, acho que as pessoas estão fazendo muita publicidade gratuita para a revista. No fim das contas, nós brasileiras continuaremos com o estigma e a revista ganhará muito mais dinheiro.

    Por outro lado, a fama que as brasileiras têm no mundo não foi construída da noite pro dia. Foram anos, décadas, de trabalho árduo da mídia brasileira e das próprias brasileiras que vêm/vinham para a Europa vender seu corpo e sua imagem absolutamente sexual. Lógico que para reverter esse quadro serão precisas outras décadas de trabalho árduo das brasileiras que ganham a vida vendendo outros atributos, como inteligência, cultura e trabalho de alto nível.

    Acho que o nosso protesto não deve passar por publicitar uma revista que mostra o que o povão quer ver. O nosso protesto desse caminhar no sentido de nos afirmar como mulheres que se casam com europeus não por ter grandes corpos, mas por sermos extremamente interessantes. Como qualquer mulher, de qualquer nacionalidade pode ser.

    ResponderExcluir
  6. acho mesmo um absurdo.. vivo em portugal e sinto de perto isso..
    a vulgarizacao das mulheres brasileiras aqui em geral por parte dos homens daqui , principalmente.
    sou estudante universitaria e levo uma vida como de uma pessoa qualquer da minha idade. tenho grandes amigas portuguesas, mas por muitas vezes fico indignada com a forma que os homens me abordam em geral e com a mentalidade deles em relacao a nós.. mas isso é muito mais culpa do nosso proprio país, que vende o turismo atraves das mulheres nuas no carnaval e os biquinis fio dental nas praias..as europeias gostam de fazer top less e duvido que algum país daqui chame o turismo atraves disso.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Cris

    Depois de alguns meses ausente do blog, ca estou eu novamente à ativa (ou quase).

    Também fiquei curiosa em ler esta matéria e ai fui ver os comentarios na pagina do facebook. Uma das usuarias disse que comprou a revista e a materia dizia que as portuguesas sao péssimas em relacionamentos, ao passo que as brasileiras conseguem mante-los. Nao sei de onde saiu essa estatistica e tampouco em qual estudo se basearam para informar algo tao absurdo!

    Concordo com a Bianca sobre a construçao de nossa imagem estereotipada, imagem essa que, segundo algumas fontes, começou a ser difundida na década de 1970. O Brasil era o pais exotico, tropical, terra do samba e do carnaval.

    Essa visao erronea que ainda se tem do Brasil perdura até os dias de hoje, alimentada e reforçada por brasileiras e brasileiros que desembarcam na Europa com o proposto de dinfundir a cultura brasileira por meio da, desculpe a palavra, bunda. O mesmo se da quando os europeus vao ao Brasil e as agencias de turismo promovem festas brasileiras com passistas seminuas que se requebram ao som das batucadas.

    Que um dia tudo isso mude e a mulher brasileira possa ser vista com dignidade, valorizada pela sua essencia, inteligencia e nao por seus atributos fisicos.

    ResponderExcluir
  8. Cara Cris,

    Como português marido de uma Brasileira e pai de um menino luso-brasileiro quando vi a revista fiquei indignado com a capa e apressei-me a comprar.
    Depois de ler, achei a capa vergonhosa... mas infelizmente podemos ver aqui em Portugal e em toda a europa em agências de viagens etc cartazes e panfletos a promover o brasil com imagens semelhantes (feitas por agentes turisticos do Brasil) e ainda há pouco tempo vi um anúncio brasileiro numa página de internet sobre investimentos em plantações de eucalipto no brasil (investimentos patrocinados pelo estado) que tinha uma mulher em biquini com a bandeira do brasil...
    O interior não me chocou tanto! As enquetes não me surpreendem, como o primeiro comentário refere! mas no interior também são ditas algumas verdades importantes como o facto de a mulher brasileira não ter medo de expor a sua afectividade, a alegria e positividade que a mulher brasileira tem, e eu acrescento: a maravilhosa amiga, companheira, esposa e mãe - apaixonada, carinhosa, inteligente! que é!
    É isso que faz os homens portugueses realmente gostarem da mulher brasileira e se casarem tanto e cada vez mais com brasileiras! Não é o corpo!!

    Tenho a certeza que com o tempo isso vai-se tornar o padrão de apreciação e não a sensualidade (que obviamente também teem) e o corpo etc!

    Deixo aqui um link com o artigo em questão: http://banhodechuva.wordpress.com/2010/08/23/mulher-brasileira-em-portugal/

    Cumprimentos!

    ResponderExcluir
  9. Ahh pois é, me sinto mesmo insultada com isto. Por que, quando cheguei a Portugal, já casada com português e sendo tbm luso-descendente, achei que ia ser melhor tratada! Uma vez me aconteceu numa entrevista no IPO,uma enfermeira entrevistadora a me perguntar se eu tinha conhecido meu marido no Brasil! E quando disse que sim, ela começou a me tratar melhor!É o que passa-se por cá. Devido a nossa má e caluniosa fama de tomarmos os maridos das portuguesas!

    ResponderExcluir
  10. Infelizmente, mundo a fora, a mulher brasileira é conhecida como p... triste realidade enfrentada por muitas mulheres sérias e honestas, que pagam por causa das piriguetes.

    ResponderExcluir
  11. Meninas

    Nao è so em Portugal que acontece essas coisas nao... Aqui na Italia infelizmente acontece tambem!

    ResponderExcluir
  12. Pedro

    Voce tem toda razao e peço que me desculpe se ofendi alguem, nao era a minha intençao. Eu realmente nao devia ter publicado aquele post, mas eu pensei que me sentiria remorso, mas enfim, repensei com o seu ultimo comentario e te dou razao. Apaguei todos os post depois de 28 de setembro e nao vou publicar nenhum outro post que ofensa qualquer naçao e seu povo.

    Um grande abraço e obrigada pela critica construtiva que voce deixou. Nao publiquei porque nao sei se voce gostaria que fosse publicado.

    ResponderExcluir
  13. Olá Pedro,
    gostaria de agradecer o link do blog q vc deixou aqui,onde tem a revista digitalizada.
    No mais, gente,morei em Portugal esse ano, fazendo intercâmbio e vi o qto o esteriótipo e as relações afetivas são complicadas nesse âmbito.
    Fica aqui a indignação como a de todas vcs.

    ResponderExcluir
  14. Oi Enjoy

    Obrigada por digitalizar o arquivo, eu estava doida pra ver! Aqui na Italia, as coisas funcionam a respeito da mulher brasileira, exatamente como funciona em Portugal!

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  15. Bom,concordo plenamente com o que todos disseram,mas não se esqueçam que quem tem que mudar somos nós brasileiras! De que adinat reclamarmos e em contra partida acharmos normal um carnaval rechedo de mulher nua ou se achamos o funk um "movimento cultural"? Nós brasileras achamos perfeitamente normal nossa própria degradação,não digos as que postaram aqui,mas avasta maioria,que inclusive se sente poderosa e elogiada quando classificada como objeto sexual! Ea í de quem falra contra,é "moralista"!
    Então,enquanto a brasileira tiver esta mentalidade,nada mudará.

    ResponderExcluir
  16. Gostei do post, abri uma discussao parecida sobre isso no meu blog. Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Oi Cintia

    Obrigada pela visita! Ja fui la conhecer o seu blog|

    ResponderExcluir
  18. Oi Cris,
    Entendo sua indignação, e sua forma de expressar-la!! Também me choca ver, certos comentarios na comunicação social, a respeito de nosso povo, nossa terra!
    Também concordo com os varios comentarios aqui expressos. É um pouco do que cada um disse!
    Vivi uma situação semelhante a sua, final de 2007. Quando uma emissora aberta da tv portuguesa, Sic, exibiria em sua programação especial de fim de ano, protagonizada por crianças, um programa chamado "malucos do riso". Me chamou atenção, ainda nas publicidades, parte do que seria exibido. No qual, dois personagens em um aviao, com destino ao Brasil, conversavam e tal conversa mostraram um trecho do que seria. "...ahhh, ouvi dizer que no Brasil só há jogadores e prostitutas(fala um deles)!!!_ A minha mulher é brasileira(retruca o outro)!! Entao ela é jogadora(pergunta e finaliza o primeiro)???!!
    Não pude acreditar no que acabara de ouvir. E para tirar a duvida, aguardei proximas publicidades do tal programa. Com camera, pude constatar o absurdo que suspeitava.
    Mandei e-mail com arquivo (gravaçao da publicidade) para a Sic, para todas as emissoras portuguesas, para emissoras brasileiras (inclusive a Rede Globo_que tem parceria com a Sic, mandei para autoridades de consulados brasileiros tanto no Brasil como Portugal, mandei para jornais de esapanha e brabrisleiros tambem. Não poderia ficar passiva diante de tal denigraçao de um povo, meu povo!!

    ResponderExcluir
  19. Sou brasileiro,não consegui ainda ler a reportagem. Acredito que haja muito preconceito, mas como vivo no Brasil e conheço a realidade brasileiro, sou obrigado a concordar com algumas coisas: a mulher brasileira da atualidade - não todas - é muito volúvel, notadamente se tem contato com homens estrangeiros. Aparentemente, não escolhem um homem pelo caráter, mas por sua posição social e beleza, mesmo que seja um mau-caráter. Já estive no exterior e pude constatar a péssima impressão que se tem da mulher brasileira. Em suma, sua inteligência está no bum-bum.

    ResponderExcluir
  20. Caro Leitor,

    Infelizmente concordo com você. Existem mulheres de todos os tipos e não são só as brasileiras não. O que eu não aceito è generalizar e dizer que todas as brasileiras são somente um bum-bum!

    Um abraço e obrigada pela sua participação!

    ResponderExcluir
  21. É mesmo vergonhoso,que por conta de algumas brasileiras que vão pra Portugal,avacalhar o nome das outras mulheres ,sejamos taxadas com iguais ,espero que este preconceito bobo acabe algum dia ,pois somos mulheres guerreiras,mães amorosas ,filhas ternas,esposas honradas e merecemos respeito.

    ResponderExcluir
  22. Olá, sou português casado com uma brasileira da qual muito me orgulho...pois é uma mulher fantástica, amiga, carinhosa,muito positiva e divertida, amorosa, boa esposa,excelente mãe, procura sempre fazer de mim um homem melhor ajudando-me a crescer pessoalmente e profissionalmente todos os dias...amo-a demais.
    È uma mulher de outro mundo.

    ResponderExcluir
  23. Olá a todos, sou Português casado com uma brasileira da qual muito me orgulho, pois é uma mulher fantástica, amiga,inteligente,muito protectora,carinhosa, boa esposa, boa mãe, muito positiva e alegre, procurando sempre fazer de mim um homem melhor a nível pessoal e profissional todos os dias.
    Amo-a demais.
    Não desfazendo todas as outras mulheres, mas a mulher brasileira e em especial a minha são algo de outro mundo.

    ResponderExcluir
  24. Olá Rui,

    Obrigada pelo seu depoimento. Existem mulheres de todos os tipos, boas e ruins. Não é a nacionalidade que vai definir quem è bom e quem è ruim. Fico muito triste quando a mulher brasileira é julgada por causa do comportamento de algumas compatriotas. O negócio é não generalizar um povo inteiro por causa de meia duzia.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  25. Vivi no brasil 3 anos e como homem portugues sou obrigado a admitir que nunca pensei encontrar tanta prostituição, tanto oferecimento. A mulher brasileira quando vê um homem, particularmente um europeu, só falta atirar-se literalmente para cima dele.
    Só não vê quem cego é!
    Além disso encontrei inumeros estrangeiros que tiveram problemas seríissimos com inumeras Brasileiras que inventaram que dormiram com eles. É impressionante...

    ResponderExcluir
  26. Bem ,sou brasileira, rs, então posso falar do que conheço, pois só podemos falar daquilo que temos conhecimento de causa. Conheci um homem português maravilhoso, que quando começamos a conversar eu pensei que ele queria somemnte ser meu amigo por querer ir para cama, me achar prostituta, que não gostava de negros, me confudiria com mucama etc.Mas ele me ensinou algo lindo: que em todo lugar há prostitutas, mentirosos, falsários, que nao é por causa de ser bresileiro, ou russo, ou portuguẽs, mas era a condição social e uma série de coisas. Então pessoal, desliguem dessas coisas,aproveitem o amor, a amizade, pois tem muitas pessoas legais e honestas aqui,Isso eu garanto como yenho certeza que em portugal também. bjosss.

    ResponderExcluir
  27. Cara Leitora,

    Agora você disse tudo! Um grande abraço

    ResponderExcluir
  28. Olá, sou brasileira, moro no Brasil e namoro um português, que mora lá!! Neste momento eu enfrento o preconceito reverso, o da minha família, eu amo muito meu namorado, e ele me ama tbm, nunca conheci uma pessoa tão carinhosa, ele é maravilhoso pra mim, e nós queremos nos casar, porém minha família vive a me alertar, a dizer que posso me arrepender, que os portugueses acham as brasileiras todas umas p..que se eu for morar lá eu vou ser ma tratada por ele e pela família dele, que se eu tiver filhos e me separar eu vou perder meu filhos. Eu nunca deixei de ouvir minha família, pra não causar mais problemas, e pra que não digam que estou tapando os ouvidos, mas eu não quero acreditar que será assim, tão ruim me casar com um portugues e morar por lá!!!! Às brasileiras casadas com portugueses que moram em Portugal, eu peço depoimentos bons, para me animarem, pois eu só escutos coisas negativas da minha família!! Obg..P.S: Tenho 25 anos e podem me chamar de Zá...

    ResponderExcluir
  29. Oi Zá,

    Em partes sua familia tem razão. Conheço muitas brasileiras que vieram iludidas pra Italia e que passaram por tudo isso que sua familia diz. Mas conheço brasileiras que como eu, foram bem recebidas pela familia do marido e que são felizes no casamento. Concordo que um casamento com um estrangeiro é mais dificil de dar certo, ainda mais quando se mora no exterior - porque a pessoa terá que se adaptar não só a vida de casada, mas também a uma nova cultura. No final, quem mora no exterior tem que se reinventar, começar do zero. Aproveite o tempo de namoro pra conhecer melhor o seu namorado, a familia e a rotina da vida dele e não se precipite em tomar nenhuma decisão,antes de ter certeza do que vc realmente quer! Vamos ver se aparece alguém que mora em Portugal e possa deixar um depoimento. Um abraço

    ResponderExcluir
  30. Obrigada Cris por me responder!!
    Bom, ele já veio aqui conhecer minha família, e é claro que se apaixonaram por ele. Agora vou eu pra lá conhecer a família dele, ver como são as coisas por lá!
    Grande abraço.

    Atc,
    Zá...

    ResponderExcluir
  31. Oi Zá

    Que legal que sua familia aceitou seu namorado! No final, tudo se ajeita! Um abraço e muitas felicidades!

    ResponderExcluir
  32. olá a todos :D como mulher portuguesa sei bem o que se pensa da mulher brasileira... É certo que Portugal foi "invadido" por brasileiras que vieram "fisgar" os portugueses, até aqui nada de novo e então?? Muitas mulheres brasileiras vieram á procura de uma vida melhor e trabalham árduamente para ter o seu dinheiro, são sérias e trabalhadoras! As que se vendem são criticadas porquê?? Ganham a vida da forma que podem, eu só lhes agradeço o que já aprendi com elas e quem não gosta não come certo? Bem vindas minhas queridas

    ResponderExcluir
  33. Cara Leitora,

    Obrigada pelo feedback! Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  34. O que acredito ser o mais contraditório nesta questão é que,sou mineira, morei no nordeste e o que eu pude perceber é que a maioria dos estrangeiros ,preferem se relacionar e casar com mulheres que usam o corpo para ganharem a vida,que não tem nenhuma instrução e que vem de famílias muito pobres .Eles mesmos quando conhecem mulheres com nível educacional bom ,fazem questão de frisar que não gostam de mulheres cultas , que preferem mulheres humildes,termo usado por eles para designar , mulheres que se submetem a tudo para sobreviver,principalmente a serem humilhadas por eles.É uma pena que as coisas sejam desta forma ,pois,morei na Espanha por três meses e pude perceber que o comportamento de mulheres de vários lugares do mundo ,porque fiquei em Andaluzia , lugar de turismo internacional intenso,chega a chocar muito mais do que das próprias assumidas prostitutas brasileiras.Mas o que mais me indigna é o machismo , porque se fala do comportamento sódas mulheres e o dos homens nunca é mencionado,pois cheguei a ver jovens alemães do sexo masculino indo à Espanha se constituírem.

    ResponderExcluir
  35. Interessante a discussão. Fiquei curiosa em ler a matéria.

    Bom, existem esterótipos sim sobre as brasileiras, assim como de todas as outras mulheres de outras nascionalidades, e no final somos apenas mulheres que sofremos com um machismo patriarcal medieval. Todas sofrem com a violância, exploração sexual no mundo.

    Preconceito, sim, existe. Em algumas partes da Europa fui bem tratada tanto por homens quanto por mulheres por ser brasileira, assim como fui maltratada pelo mesmo motivo em especial na França, e pior, na Companhia de trens franceses por uma funcionária. Mas, fazer o que se ela não tem educação e conhecimento multicultural para respeitar as pessoas!

    E como dizia a música cantada por Cazuza: "Transformam um país inteiro em um puteiro, porque assim se ganha mais dinheiro"

    Beijos mulheres brasileiras, companheiras, amigas, rivais, mas sobretudo mulher, batalhadora, vítima, e cheia de sonhos. Somos nós! Assim como muitas outras mulheres no mundo. Mas nós somos especiais por nós mesmos. hehehehe

    ResponderExcluir

Cristiane de Oliveira, brasileira, natural do Rio de Janeiro, mora em Florença
há mais de cinco anos. Apesar de ter o coração verde e amarelo, se apaixonou pela Italia e mais precisamente por Florença a ponto de estudar minusiosamente a história da arte, do povo e da cidade onde vive. Hoje, Cristiane, è guia turística autorizada da cidade de Florença.

- Favor não usar termos ofensivos ou palavras inadequadas;
- Evite o uso desnecessário e excessivo do "Internetês" ou abreviaturas;
- Seja claro e objetivo;
- Leia os comentários antes de postar perguntas repetidas ou já respondidas;
- Procure postar os comentários nas páginas dos respectivos assuntos;
- Elogios são bem-vindos, críticas e sugestões também.

Obrigada pelo seu comentário !

Comentários racistas e ofensivos não serão lidos e nem publicados.

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Capo Vaticano Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Emilia-Romagna Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Ferrari Fez Fiesole Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giacomo Leoparti Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Grutas de Frasassi Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Le Marche Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Loreto Lucca Macchiaioli Mae Maranello Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Pádua Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Recanati Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos Spello TAX FREE Teatro Romano Todi Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Tropea Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.