sábado, 21 de fevereiro de 2009

Florença: O Battistero di San Giovanni



O Batistério de Firenze é dedicado a São João Batista, padroeiro da Cidade e está localizado em frente a Catedral Santa Maria del Fiore, o Duomo de Florença.

O romântico "Battistero di San Giovanni" foi por um certo período a catedral de Florença, sendo construído provavelmente no seculo V sobre alguns edificios de época romana. Existe uma lenda que  diz que o Batistério foi construído sobre um templo dedicado a Marte, mas isso é só uma lenda. O atual edifício que vemos hoje, é um resultado de uma ampliação feita em torno do ano 1000 d.C.

Dante o definiva como: "Il bel San Giovanni".

O Batistério de San Giovanni é um dos mais antigos posto astronômico de Firenze.

A necessidade de ter  um batistério tão grande è devido a tradição de só efetuar o bastimo dos fiéis duas vezes por ano: no domingo de páscoa e no dia 24 de junho, dia de São João Batista.

Com uma planta octagonal,  o Bastistério é todo revestido em mármore branco de Carrara e verde de Prato. A forma octagonal simboliza o 8o. dia, ou seja, o dia do Juízo Universal. O Batistério é um dos poucos edifícios de Florença que podemos dizer que possui uma arquitetura românica. Inclusive, parte dos mármores utilizados para a sua construção são de origem  de época romana, ou seja, os fiorentinos reaproveitaram os mármores que faziam parte da Florença romana.

 Um dos grandes charmes do Batistério são as grandes portas feitas em bronze. A mais famosa e totalmente renascentista é a porta chamada do Paraíso, mas não deixem de admirar as outras duas portas que também são belissímas. Antes das portas de bronzo, existiam portas de madeiras e a primeira porta a ser construída foi exatamente a porta sul de Andrea Pisano. É possível admirar as portas originais do Batistério no Museu da Opera del Duomo.

A Porta Sul é obra de Andrea Pisano (1330) e  narra a história de São João Batista. Quando foi construída, foi colocada exatamente onde hoje está localizada a porta do Paraíso, em frente a Catedral.

A Porta Norte é obra de Ghiberti (1401) e ilustra episódios do Novo Testatamento. A Porta Norte é a famosa porta do concurso onde participou Ghibert, Jacopo delle Quercia, Filippo Bruneleschi, entre outros. Foi Ghibert que venceu o concurso. O famoso concurso feito em 1401 marcou oficialmente a data do início do Renascimento em Florença.

Ainda de Ghiberti è a terceira porta, a célebre Porta do Paraíso como era chamada por Michelangelo, uma obra prima do Renascimento e representa a história do Antigo Testamento. Para saber mais da Porta do Paraíso, acesse o nosso link: Batisterio de Florença: A Porta do Paraiso.

Para a realização das duas portas, Ghiberti criou uma verdadeira oficina de bronze, na qual se formaram artistas Como Donatello, Michelozzo, Masolino e Paolo Uccello.

A célebre porta de bronze do Batistério foi citada por Galileo Galilei na sexta jornada dos Discursos e demostração matemática perante diversos cientistas em 1638: «Colui che serra le porte di bronzo di S. Giovanni, invano tenterebbe di serrarle con una sola e semplice spinta; ma con impulso continuato va imprimendo in quel corpo mobile gravissimo forza tale, che quando arriva a percuotere ed urtare nella soglia, fa tremare tutta la chiesa».



No lado interno, a Cúpola do Batistério é inteiramente revestida de moisacos do ano de 1200 os quais alguns são atribuídos a Cimabue que foi o maestro de Giotto.


6 on: "Florença: O Battistero di San Giovanni"
  1. Lindo,mais uma vez,Cris! E eu não sabia essa história de 2 batismos ...Legal! um beijo,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Olá cris, lindo demais esse batistério, me impressiono em como faz nos delcia com tais imagens da edificação católica, eu particularmente gostei da vista interna, eu curto essa linha artistica, aqui na catedral da sé exxiste uma variedade incrivel de mensagens atravez das imagens, eu vira e meche vou la para encontrar um pouco de paz, agora uma pergunta que talvez saiba, existe em algumas igrejas uma especie de circulo parecido com as rodas de uma biga, se não me engano representa uma flor, mas não tenho certeza vc sabe o que siguinifica?
    ah.. tem um selo de qualidade pro noticias da bota lá no Pensamentos Urbanos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Chica...

    obrigada pelo comentario! Devagar a gente começa a conhecer algumas curiosidades que sao muito interessantes!

    ResponderExcluir
  4. Atila

    Se è o que eu estou pensando, è um janelinha redonda que realmente parece uma flor, que fica sempre na fachada principal nas Igrejas. Aqui na Italia se chama de "rosone", ou seja uma rosa grande. Alguns artistas aproveitam a forma circular e desenham diversas passagens do Evangelho. Mas acho que o rosone nao tem uma funçao definida, a nao ser decorativa. Vou pesquisar mais e faço um post somente sobre isso. Eu percebi que em Assis todas as Igrejas possuem o mesmo rosone, mas nao sei se existe uma raçao para isso.

    Um beioj

    ResponderExcluir
  5. Olá Cris
    Aquilo que em Itália se chama ROSONE, chama-se em Portugal «Rosácea». A sua função é ao mesmo tempo iluminar o templo, e decorá-lo também. Já viu como por dentro são muito mais bonitos?
    Cumprimentos

    ResponderExcluir

Cristiane de Oliveira, brasileira, natural do Rio de Janeiro, mora em Florença
há mais de cinco anos. Apesar de ter o coração verde e amarelo, se apaixonou pela Italia e mais precisamente por Florença a ponto de estudar minusiosamente a história da arte, do povo e da cidade onde vive. Hoje, Cristiane, è guia turística autorizada da cidade de Florença.

- Favor não usar termos ofensivos ou palavras inadequadas;
- Evite o uso desnecessário e excessivo do "Internetês" ou abreviaturas;
- Seja claro e objetivo;
- Leia os comentários antes de postar perguntas repetidas ou já respondidas;
- Procure postar os comentários nas páginas dos respectivos assuntos;
- Elogios são bem-vindos, críticas e sugestões também.

Obrigada pelo seu comentário !

Comentários racistas e ofensivos não serão lidos e nem publicados.

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Capo Vaticano Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Emilia-Romagna Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Ferrari Fez Fiesole Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giacomo Leoparti Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Grutas de Frasassi Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Le Marche Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Loreto Lucca Macchiaioli Mae Maranello Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Pádua Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Recanati Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos Spello TAX FREE Teatro Romano Todi Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Tropea Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.