terça-feira, 22 de julho de 2008

A criança indígena e o direito à vida - Lei Muwaji



Caro Leitor e Amigos,

Peço a todos que divulguem aos seus contatos e que escrevam para o Presidente da Camara (os dados estao no final do post). Diante de tanta barbaridade nao podemos ficar calados. Vamos fazer barulho, quem sabe as autoridades do Brasil se sensibilizem com as crianças indigenas que sao mortas todos os anos. Eu sei que o infanticidio nesse caso e pura tradiçao e cultura indigena, mas sera que devemos nos calar e deixar morrer milhares de crianças que sao enterradas vivas em nome de uma tradiçao? Eu penso que nao... Nada justifica a morte de inocentes! O que justifica um desespero de uma mae indigena que prefere se suicidar a ter que matar seus proprio filhos? Eu sei que no mundo onde vivemos, atos praticados como abortos em que as vezes tem o apoio legal (aqui na Italia o aborto é legal)no meu entendimento possuem a mesma ou maior monstruosidade do que acontece nas tribos indigenas. Gostaria de deixar claro que nao vejo o povo indigena como monstros ou crueis, o que vejo è mero fruto da ignorancia e da nao civilizaçao. Diversos povos antigos, como Gregos, Romanos, Egipcios, utilizaram a sacrificios infantis.


O direito à vida é muito mais importante que o direito à preservação de uma tradição.
Eli Ticuna, índio que atua no filme Hakani


Esta campanha foi postada em uma comunidade do orkut que participo e diante de tanta monstruosidade decidi traze-la para ca', porque acho muito importante. Na comunidade o topico abria com um video/documentario disponivel no You Tube, mas muitas pessoas reclamaram pelo conteudo de imagens chocantes. Acho melhor nao postar também, embora eu ache que as imagens tem uma tremenda força mobilizadora.

O infanticidio indigena acontece no NOSSO Brasil. Quando o assunto esteve em alta tempos atras eu pensei o que muitas pessoas pensam: que e' uma pratica cultural e deve ser respeitada. So' que ai' li uns artigos de antropologia (também vi umas entrevistas no You Tube) que dizem que essa corrente do "deixa pra la'" e' ultrapassada. A informaçao por si so' nao e' invasiva e nao é agressiva.

Quem tiver estomago para ver os videos no You Tube, e' so' digitar como palavras-chaves "lei muwaji ", "infanticidio indigena", etc.

A campanha:

Centenas de crianças indígenas foram rejeitadas por suas comunidades e enterradas vivas no Brasil nos últimos anos. Essa é uma prática antiga, encontrada ainda em mais de 20 povos indígenas diferentes. Muitas dessas crianças são recém-nascidas. Outras são mortas aos 3, 5, e até 11 anos de idade. Centenas delas são condenadas à morte por serem portadoras de deficiências físicas ou mentais, ou por serem gêmeas, ou filhas de mãe solteira. Muitas outras são envenenadas ou abandonadas na floresta porque pessoas na comunidade acreditam que elas trazem má sorte.

Escreva uma carta exigindo que o Projeto de Lei seja votado nesse mês de junho pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos
Deputados. Você pode se basear nesse modelo de carta:

“Recentemente tomei conhecimento do problema do infanticídio nas comunidades indígenas, e da luta dos povos indígenas para vencer essa prática. Considerando que todas as crianças brasileiras devem contar com a proteção da Constituição Federal, do ECA e dos acordos internacionais de Direitos da Criança, dos quais o Brasil é signatário, solicito ao Exmo. Sr. que implemente com urgência os passos necessários para que o PL 1057/2007, conhecido como Lei Muwaji, seja votado na Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados ainda no mês de junho de 2008. Criança é criança, independente de sua origem étnica. Toda criança tem direito inerente à vida.”

ou elaborar seu próprio texto. Coloque seu nome, sua cidade e o número de sua identidade.

PARA QUEM ESCREVER:

Presidente da Câmara dos Deputados
Deputado Arlindo Chinaglia
dep.arlindochinaglia@camara.gov.br
Presidente da Comiss ão de Direitos
Humanos e Minorias da Câmara dos
Deputados
Deputado Pompeo De Mattos
dep.pompeodemattos@camara.gov.br
Ministro da Justiça
Tarso Genro
gabinetemj@mj.gov.br
Relatora do PL 1057 (Lei Muwaji)
Deputada Janete Rocha Pietá
dep.janeterochapieta@camara.gov.br

Eu nao sei se o Projeto de Lei foi votado em Junho. Alguem sabe me informar como posso ter acesso a essa informaçao? Eu procurei na Internet e nao achei nada a respeito se ja foi votado ou nao no mes de junho.javascript:void(0)
Publicar postagem

7 on: "A criança indígena e o direito à vida - Lei Muwaji"
  1. Com certeza Cris, isto deve ser repudiado. Se o supremo negou pesquisas com embriões por considerarem já ser um ser vivente, pq não proibir tais atos. Tradições são tradições, mas absurdos não devem ser tolerados.

    ResponderExcluir
  2. Tania minha linda, copio e colo tudo que vc escreveu!

    Obrigada pelo comentario.

    Um beijo pra ti

    ResponderExcluir
  3. Sobre o andamento do projeto de lei 1057/07, conhecido omo Lei Muwaji:

    em julho foi apresentado o parecer da deputada Janete Pietá, que propôs aprovação com substitutivo em que não prece mais a parte que prevê punição a quem, sendo de comunidade externa, não prestar assistência s souber de criança em risco

    em setembro o projeto voltou às mãos da dep. Janete Pietá

    no início de dezembro a dep. janete Pietá apresentou novo parecer pela aprovação do projeto com substitutivo, e em seguida retirou de pauta novamente

    Vc pode aocmpanhar o projeto e inclusive se cadastrar para receber notícias do projeto por emil, no site da Câmara dos Deputados brasileira;

    http://www2.camara.gov.br/proposicoes

    visite, ponha seu email e o nr do projeto.

    Especificamente, esse é o 1057/07

    Abraços,e continue nessaluta!

    ResponderExcluir
  4. Caro Anonimo

    Obrigada pelo comentario, vou me cadastrar sim !

    Um abraço para ti

    ResponderExcluir
  5. Sabe, para você (NOS) pode ser uma monstruosidade, mas para a cultura indígena não.
    O problema da sociedade é que não basta apenas ela ter sua própria cultura (podre né, capitalista) ela quer se METER e IMPOR sua cultura aos outros.
    O governo se apropia das terras que eram DELES, faz com que eles MORRAM DE FOME e você ainda acha que tem algum direito de dizer o que a cultura indígena PODE OU NÃO FAZER?
    Não compare uma irresposabilidade como o aborto, praticado por pessoas que TEM ACESSO a camisinha e que é de nossa CULTURA o uso da camisinha com essa "tradição" indígena.
    Eu de forma alguma sou a favor da morte, também não acho confortável isso...mas creio que é uma cultura que merece ser RESPEITADA e não cada vez mais MUTILADA pela população e governo.

    Lembrando, que Indígenas não são cristãos e não são regidos pelas mesmas leis que nos.

    ResponderExcluir
  6. Paula

    obrigada pela sua participaçao. Eh sempre bom a gente ler opnioes diversas da nossa... Faz a gente parar e pensar!

    Um grande abraço pra ti

    ResponderExcluir
  7. Paula

    O direito à vida é para todos!
    cristãos, ateus, pobres, ricos, negros, brancos, pardos, amarelos..... enfim, os direitos humanos são para todos humanos, ou por serem indigenas se desclassificam como humanos?? sei que não!!!
    Vamos todos entrar nessa luta, defendermos vidas inocentes!! o fato do governo desapropriar ou não terras dos índios, não pode ser usado como justificativa para nos calarmos diante de tais atos!! Erros não justificam erros!!E levantemos a bandeira da LUTA CONTRA O INFATICÍDIO INDÍGENA!!!

    ResponderExcluir

Cristiane de Oliveira, brasileira, natural do Rio de Janeiro, mora em Florença
há mais de cinco anos. Apesar de ter o coração verde e amarelo, se apaixonou pela Italia e mais precisamente por Florença a ponto de estudar minusiosamente a história da arte, do povo e da cidade onde vive. Hoje, Cristiane, è guia turística autorizada da cidade de Florença.

- Favor não usar termos ofensivos ou palavras inadequadas;
- Evite o uso desnecessário e excessivo do "Internetês" ou abreviaturas;
- Seja claro e objetivo;
- Leia os comentários antes de postar perguntas repetidas ou já respondidas;
- Procure postar os comentários nas páginas dos respectivos assuntos;
- Elogios são bem-vindos, críticas e sugestões também.

Obrigada pelo seu comentário !

Comentários racistas e ofensivos não serão lidos e nem publicados.

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Capo Vaticano Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Emilia-Romagna Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Ferrari Fez Fiesole Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giacomo Leoparti Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Grutas de Frasassi Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Le Marche Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Loreto Lucca Macchiaioli Mae Maranello Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Pádua Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Recanati Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos Spello TAX FREE Teatro Romano Todi Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Tropea Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.