sexta-feira, 23 de maio de 2008

Escrava Sexual


Pelas minhas andanças na net, encontrei essa reportagem. E um pouco antiga, mas acho que serve como reflexao para muitas brasileiras. Muito cuidado ao conhecer um gringo, ele pode ser um homem direito e honesto, mas tambem pode nao ser. O texto e grande, mas vale a pena ser lido.

Eu tive a sorte de encontrar um italiano honesto, na verdade, eu ganhei na loteria sozinha, me cerquei de varios cuidados antes de me envolver com ele. Muito cuidado com gringos que oferecem passagem para passeios na Europa. Voces nao imaginam como è facil iludir uma brasileira com conversa de gringo.

Um vez, junto com uma amiga, fomos passear num chat e começamos a conversar com uma brasileira. Eu e minha amiga, fingimos que era um italiano so para vermos se e facil ou nao conquistar uma brasileira. Batata !!! é muito facil trazer uma brasileira na Europa, infelizmente! Nao se iludam....Homens sao todos iguais, seja brasileiro, italiano, americano, japones... Tudo farinha do mesmo saco ! O carater de um homem nao esta na nacionalidade.

Vamos a reportagem:

data: 2 de agosto de 1998. Em apenas quinze dias – "que pareceram quinze anos", ela cruzou três fronteiras na Europa.

Em entrevista à BBC Brasil, a brasileira só se deu conta de que era vítima do tráfico internacional de pessoas – um negócio que fatura mais de US$ 32 bilhões por ano, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT) – após desembarcar na Suíça.

No trajeto feito de carro até a Alemanha, foi obrigada a manter relações sexuais com seu comprador, um senhor italiano que dizia ser seu "dono".

"Era uma época em que eu estava muito bonita", ela relata. "Ele dizia: 'molto bella, molto bella'".

"Bíblia na mão"

Dias antes, Elaine havia sido convencida por uma mulher de sua própria comunidade a se casar com um homem italiano que procurava uma esposa.

"Fui para passar três meses, para conhecê-lo. A senhora que me convenceu a ir era de idade, de cabelos brancos e Bíblia debaixo do braço. Nunca ia imaginar que era uma aliciadora", conta.

Elaine foi colocada dentro de um quarto trancado por fora e de janelas vedadas. Comia alface e água mineral com gás e nunca mais viu seu passaporte e o pouco dinheiro que levou consigo.

"Até umas moedinhas de real eles (o casal que lhe 'vendeu') levaram."

Ela diz que foi "oferecida" a clientes alemães e turcos, além de ser obrigada a manter relações sexuais com seu "marido" italiano.

"Me obrigavam a sorrir para aparecer feliz nas fotografias. Uma vez me levaram a um parque na França para tirar fotos. Mas andavam sempre com alguma arma, ou pelo menos uma chave de fenda enorme, que até brilhava de tão grande."

"Para sobreviver, me fiz de burra, de desentendida."

Um dia, durante uma briga do casal que a traficou, Elaine fugiu com a roupa do corpo e sem olhar para trás. Escondia-se sob as árvores quando escutava barulho de carro.

Conseguiu chegar à estação de trem, de onde os policiais de plantão telefonaram para um tradutor do consulado brasileiro.

Mais magra, foi levada ao hospital e diagnosticada com hepatite. Não chegou a estar ilegal no país, porque sua estada demorou apenas quinze dias.

"Pareceram quinze anos", ela diz.

Impunidade

Como outras vítimas do tráfico internacional de pessoas, Elaine voltou ao Brasil e não teve dinheiro para comparecer à audiência quando as autoridades alemãs lhe enviaram uma carta solicitando sua presença no país.

"Ficou por isso mesmo", ela se conforma.

Mas se revolta quando pensa em sua aliciadora, que como há nove anos, continua indo e vindo, impune, do Brasil à Europa.

"Cada vez que volta, ela leva duas ou três meninas", afirma.

"Isso é um trauma na minha vida. Fui tão corajosa de fugir, e é tão revoltante ver um traficante à solta, fazendo o que sempre fez. Ela (minha aliciadora) está ficando rica, comprando carros, casa..."

Elaine diz que recebe ameaças de morte, e que tem de "estar sempre me mudando, para não correr risco".

Seu endereço é conhecido apenas pelas autoridades que a assistem. Sua identidade, como neste depoimento, é freqüentemente mantida sob sigilo.

Elaine dá palestras para jovens em comunidades carentes que estão prestes a abraçar o mesmo caminho.

"As meninas me agradecem, às vezes, já estão até de passagem comprada."

"Não desistir. Essa é minha luta."

*Nome fictício

Fonte: BBC

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Capo Vaticano Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Emilia-Romagna Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Ferrari Fez Fiesole Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giacomo Leoparti Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Le Marche Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Loreto Lucca Macchiaioli Mae Maranello Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Recanati Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos Spello TAX FREE Teatro Romano Todi Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Tropea Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.