quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Enfim.... Casados !!!!


Caros Amigos,

Sinto saudades de voces e confesso que senti muita falta de todos no ultimo sabado, dia do meu casamento. Nao vejo a hora de fazer a cerimonia religiosa no Brasil para poder compartilhar com voces minha felicidade.

Bem, na sexta feira a noite, dia 11, eu ainda nao sabia que roupa eu iria colocar no casamento. Nao sabia se colocaria o vestido de noiva ou o tailleur creme. No fundo do meu coraçao, eu confesso que gostaria de ter colocado o vestido de noiva, acho que uma noiva sem vestido nao e a mesma coisa. Porem, eu achava tambem, que se colocasse o vestido de noiva, tiraria o brilho da cerimonia no Brasil. E uma hora eu decidia colocar o vestido, e em outra hora eu decidia colocar o tailleur. Isso era o que mais me deixava nervosa.

Toda a festa e cerimonia foi organizada pelo Sandro. Na verdade, a unica coisa que eu realmente escolhi sozinha, sem interferencia de ninguem, foi o buquet. A tradiçao aqui, diz que o noivo e que tem que presentear a noiva com o buquet. A noiva so deve ve-lo no dia da cerimonia, mas eu pedi a Sandro pra poder escolher. O primo dele tem uma floricultura, e ele fez exatamente o que eu queria. O bolo da noiva, escolhi sozinha com o pasticieri. Na verdade, ele me convenceu a fazer daquele jeito. Eu queria o glace de marmore (que aqui custa uma fortuna), mas ele me convenceu que para os italianos, nao importa muito a decoraçao, que o bolo tem ser gostoso, e o glace de marmore, concordo com ele, e bonito de se ver, mas pra comer e muito ruim. Aqui nao se usa um bolo pra mesa e um bolo de corte. Existe somente um bolo pra todos. Eu tinha 80 convidados confirmados, entao meu bolo foi muito grande. Acho que o maior bolo de noiva que ja vi na vida. Ah… O glace foi de panna cotta com morangos. Panna e uma especie de creme de leite, porem, muito, muito, melhor !!!! Nao vou enganar voces nao, o meu bolo foi o bolo mais gostoso que ja comi na vida ! Esteticamente, nao me parece um bolo de noiva, mas o sabor, a massa e o recheio…. Coisa dos Deuses !!! Os noivinhos, nao consegui encontrar de biscuit, mas eu queria um noivinho fujao de qualquer maneira, entao Sandro se virou e encontrou um, ele mesmo fez e adicinou a garrafa da cerveja Moretti ( a mais bebida aqui em Firenze) e a bandeira da Fiorentina. Ficou bonitinho !!! Vou levar esse noivinho pro casamento no Brasil pra voces verem.

Bem, chegou o grande dia !!! Um frio do cao….. 03 graus !!!! e uma chuva que ninguem merece !!!! Nao tive opçao, coloquei o tailleur, pois vestido de noiva, mesmo com a pele branca que eu havia comprado, nao daria conta de tanto frio e ia sujar todo, com tanta suja !!! De qualquer maneira, confesso que morri de frio com o tailleur tambem !!!

Quem me levou a Comune de Scarperia foi uma senhora amiga da mae de Sandro. Foi ela quem me ajudou a vestir, que me deu todo o apoio antes do casamento. Chegamos a Scarperia por volta de 11 horas, e o casamento seria as 11,30h. Coloquei o pe na Cidade e o celular nao parava de tocar, era Sandro nervoso (mais parecia a noiva) perguntando a onde eu estava e mandando eu ir pra Comune. Eu disse a ele muito calma, que so chegaria na Comune exatamente as 11;30h mas ele nervoso, com medo da Sindaca ir embora e nao me esperar, me convenceu a chegar as 11:25h. Ligou mais de trezentas vezes…. Eu nao tinha a minina ideia de como seria um casamento em Comune, ainda mais na Italia. Sei o que um casamento civil no Brasil, mas aqui me parecia ser muito diferente. E a chuva nao parava…..Chovia muito !!! Aqui na Italia, quem celebra o casamento no civil e o Sindaco, que e o prefeito da cidade e no caso dele nao poder comparecer, existem algumas pessoas indicadas por ele que podem celebrar o casamento. No caso de Scarperia, o Sindaco e uma mulher e confesso que isso me agradou muito. Fiquei feliz do meu casamento ser celebrado por uma mulher.

Bem, quando chegou o horario e cheguei na Comune, me assustei… Nunca vi tanta gente com maquinas fotograficas me esperando. E o pior, eu nao conhecia quase ninguem ! Rostos desconhecidos, com sorrisos nos labios e maquina fotografica em punho. Assim que o carro estacionou, Sandro se aproximou e abriu a porta pra mim.

A Comune de Scarperia e aquele Palazzio dei Vicari que mandei a foto no email anterior. E um castelo medieval. A sala de matrimonio e no segundo piso, uma sala pequena, com uma mesa antiga de lenha muito bonita. Todos os convidados, esperavam a noiva chegar pra poder subirem pra sala de matrimonio. Eu pensei que estaria todos na sala e que eu seria a ultima entrar. Engano meu… todos esperavam pro lado de fora, e a noiva, de braço com o noivo eram os primeiros a entrar na sala matrimonial, e a Sindaca ja esperava por nos. Mais uma surpresa… O meu casamento nao foi celebrado na sala matrimonial, pois era pequena pra 80 pessoas e a Sindaca autorizou a celebraçao na sala dos conselheiros, que era uma sala muito maior.

Bem, a cerimonia foi curta e rapida. Duas testemunhas pra mim e duas pra Sandro. Sandro escolheu o seu tio e sua prima e eu havia escolhido a Wanessa (uma amiga de Sao Paulo) que tambem vai se esposar com um italiano em abril. A Sindaca leu 03 artigos da Constituiçao italiana que fala sobre os direitos e deveres do matrimonio e leu uma poesia do Pablo Neruda. Eu nao tenho a poesia aqui, mas depois, quando eu chegar em casa, posto para voces ! Assinamos a papelada juntamente com as testemunhas, alianças e beijos.. finito !!!! Siamo sposati ! Quando me virei para os convidados, uma coisa me chamou atençao, e meus olhos encheram d agua. No final do salao estava Elena, uma amiga de Sandro, com uma pequena bandeira do Brasil, assinalando pra mim! So de escrever pra voces meus olhos enchem d agua. Aquela pequena bandeira, um pedacinho pequenino de papel, naquele momento, representou pra mim, a presença do meu pais, a presença da minha Mae, dos meus irmaos, dos meus amigos, enfim, a Patria Amada Brasil. Ganhamos muitos presentes, inclusive uma viagem de 01 semana de um cruzeiro pelo Rio Nilo, desde de Cairo ate o Vale dos Reis, mas aquela pequena bandeira foi o que mais me emocionou.

Depois foram fotos, mais fotos… fotos de novo !!!! Infelizmente, como chovia muito, nao conseguimos tirar fotos ao ar livre. Todas as fotos foram tiradas dentro do Palazzo dei Vicari. Quando estavamos proximos da Saida da Comune, vejo na la Rua um objeto grande, como se fosse um bolo, com a forma da bandeira do Brasil. Foi mais uma grata surpresa ! Os amigos de trabalho de Sandro, fizeram pequenos embrulhos de arroz que juntos formavam a bandeira do Brasil. Foi uma guerra de arroz… muito arroz !!!! Eu tinha arroz ate dentro dos sapatos !!! Depois fomos todos para o restaurante.

E no restaurante foi servido um almoço, muita comida e muito bebida… Senti falta da alegria Brasileira…. Faltava musica e dança ! Eu e minha amiga Wanessa, brasileira como eu, sentia falta da bagunça brasileira !!!!

Eu ainda nao tenho fotos nenhuma pra enviar pra voces, pois viajamos no domingo pela manha. Na minha maquina nao tem nenhuma foto, estao todas nas maquinas de amigos de Sandro e na do fotografo. Assim que eu tiver, mando pra voces.

Resolvemos fazer uma viagem curta, so pra nao passar em branco. Nao conseguimos ninguem pra ficar com meu sogro, entao, ele veio com a gente. Estamos numa cidadezinha nos Alpes no norte da Italia chamada Folgarida. E um posto turistico pra esquiar. Sandro queria me apresentar a neve. Faz muito frio e neva bastante. Hoje estamos presos dentro do hotel pq nao temos como sair porque a estrada esta bloqueada. To tomando coragem pra aprender a esquiar, mas toda vez que decido ir, vejo os principiantes cairem no chao toda a hora, e fujo !!!! E uma paisagem diferente de tudo que eu ja vi na vida. Sao aquelas paisagens que eu so tinha visto em cartao de natal. E tudo exatamente como nos cartoes…. Tudo branco !!!!!Parece que estou num conto de fadas natalino onde so falta o papai noel !!!! Estamos proximos a fronteira com a Austria e domingo se o tempo melhorar vamos visitar algumas cidades austriacas.

Bem, escrevi demais ! Assim que eu tiver as fotos, posto pra voces !!!

Um beijo grande a todos !!!

Marcadores

Acampamento no deserto Acordos Internacionais Arezzo Arqueologia Arte Assistencia Bagno Vignoni Bate-Papo com o Leitor Beato Angelico Berlim Brasil Brasileiros no Mundo Brunello Calábria Campanhas Campania Cantinho da Fada Peregrina Capela Sistina Cappella Brancacci Caravaggio Caserta Casertavecchia Chianciano Chianti Cinema Consulados Conversa fiada Corredor Vasariano Cortona Curiosidades Dante Datas Comemorativas Desvendando Florença Dicas de Viagem Dirigir na Italia Donatello Educaçao Emilia-Romagna Enogastronomia Enquetes e entrevistas Esporte Estudar na Italia Eventos Ferrari Fez Fique de olho Firenze Florença Galeria de arte moderna Ghirlandaio Giotto Governo Italiano Grandes Pensadores Guia de Turismo Guia Florença Hoteis em Florença Humor Igrejas Imigraçao Inferno Dan Brown Informatica Italia Jubileu Lavoro Le Marche Legislação Italiana Leonardo da Vinci Livros Loreto Lucca Macchiaioli Mae Maranello Marrakech Marrocos Matrimonio Medici Memes Mercadinho de Natal Meus Rabiscos Michelangelo Milão Moda Montalcino Montecatini Montefalco Montepulciano Mugello Mulher Brasileira Multas Museu Davanzati Museu de São Marcos Museus Napoli Natal Nobile de Montepulciano Noticias Outlet Paestum Palazzo Pitti Palazzo Vecchio Palermo Palio Para relaxar Parceiros Patente italiana Permessos vistos e Cidadania Piazza della Signoria Piazzale Michelangelo Pienza Pisa Politicas Prostituiçao Puglia Rafael Sanzio Receitas Recursos Humanos Reis Magos Roma Sabores da Italia Salvatore Ferragamo San Gimignano San Marino San Quirico San Vivaldo Sandro Botticelli Santa Croce Santos São Francisco São Lorenzo Sardegna Saude Scaperia Sicilia Siena Sobre mim Soltando os bichos TAX FREE Teatro Romano Torre de Pisa Torres Toscana Transporte Trenitalia Truffa Turismo TV Uffizi Umbria Università Val d'Orcia Valle D' Aosta Vasari Vaticano Veneza Vesuvio Viagem Vida a dois - Vita di coppia Videos Ville Medicee Vinhos Volterra
Noticias da Bota. Imagens de tema por Storman. Tecnologia do Blogger.